Bens indisponíveis | Boqnews

Praia Grande

07 DE MAIO DE 2014

Bens indisponíveis

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Reportagem publicada no Jornal Diário do Litoral revela que o Tribunal de  Justiça de São Paulo deferiu a antecipação de tutela e determinou a indisponibilidade dos bens do ex-presidente da Câmara de Praia Grande, Cássio Navarro, dentro de uma ação civil pública de improbidade administrativa por suposto dano ao Erário. A ação foi movida pela promotora Ana Maria Frigério Molinari e baseia-se no período quando Navarro foi presidente da Câmara de Praia Grande, além de sete proprietários de empresas de móveis, perfazendo o montante de R$ 237 mil. Até o início do mês, Navarro foi secretário-chefe de gabinete do prefeito Alberto Mourão,
que é seu sogro.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.