Prédio do Acácio de Paula será reformado para abrigar a Escola do Legislativo | Boqnews
Foto: Divulgação/Arquivo

Abertura de licitação

16 DE MAIO DE 2022

Prédio do Acácio de Paula será reformado para abrigar a Escola do Legislativo

Após tentativa frustrada de parceria com a Unesco para recuperação do imóvel, Câmara de Santos vai abrir edital de concorrência

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Inaugurado em 1969 e sem utilização prática desde 2013, o prédio da antiga escola Acácio de Paula Leite Sampaio será revitalizado.

Desde 2019 sob o poder do Legislativo santista, o prédio tombado passará por ampla recuperação.

O edital da concorrência pública será lançado até o próximo semestre, como afirma o presidente do Legislativo, Adilson Jr (PP).

Assim, ele participou do Jornal Enfoque – Manhã de Notícias de hoje (16), onde falou sobre o tema.

O presidente comentou  sobre a ideia original da Câmara em conseguir  firmar uma parceria com a Unesco para revitalização do espaço, discussão iniciada há um ano.

“Chegamos a 90% das negociações, mas em razão da burocracia a Câmara não poderá firmar a parceria”, salientou.

Motivo: não tem personalidade jurídica para promover tal tipo de fomento – ao contrário do Executivo.

“Acionamos até o Itamaraty”, ressaltou, referindo-se aos contatos efetuados com o Ministério das Relações Exteriores.

“Recebemos recentemente a notícia que não será possível contar com o apoio da Unesco para a realização da obra”, lamentou.

Além disso, o aval da Unesco para a realização de cursos em parceria com a Escola do Legislativo.

Atualmente, a Unesco participa, com apoio da iniciativa privada, do projeto de recuperação do Museu Nacional, atingido por um incêndio em 2018.

Assim, no Brasil, são dezenas de espaços que contam com o aval da entidade internacional.

Escola do Legislativo

Assim, o edital permitirá que a antiga escola possa sediar a futura Escola do Legislativo, hoje funcionando em espaços na sede da Casa, no antigo Castelinho, outrora sede do Corpo de Bombeiros.

Sobre a escola, Adilson também comentou que em breve irá divulgar as regras para contratação de profissionais que prestarão serviços à Escola do Legislativo.

“Iremos destinar recursos para estas contratações”, destaca.

Não bastasse, a intenção é que a escola tenha reconhecimento educacional para que possa emitir certificados aos seus participantes.

Adilson Jr também falou de outras temas, como a promulgação da lei que dá nome de Marielle Franco, vereadora carioca assassinada, pelas lutas às mulheres negras, LGBTQIA+ e periféricas.

Dessa forma, a lei foi assinada, com veto parcial, pelo prefeito Rogério Santos (PSDB) e publicada no Diário Oficial de hoje (16).

Saiba mais aqui.

Além disso, Adilson Jr comentou ser contrário ao processo de desestatização do Porto de Santos defendido pelo Governo Federal e que deverá estar concluído após as eleições, em novembro.

“A gente não privatiza questões importantes. Uma Nação não pode privatizar questões estratégicas de País”, salientou.

Além disso, Adilson Jr também comentou sobre população de rua, segurança e outros temas, de acordo com as perguntas dos internautas.

E também sobre as audiências públicas que ocorrerão a partir de junho para discussão da Lei de Uso e Ocupação do Solo, assim como o Plano Diretor, temas centrais para o futuro da Cidade.

Eleições 2022

Além disso, ele abordou a participação do PP, seu partido, nas eleições de outubro.

Assim, a legenda deverá apoiar o presidente Jair Bolsonaro (PL) .

Por sua vez, ao governo paulista, há uma divisão entre as candidaturas de Rodrigo Garcia (PSDB) e Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Programa completo

Quer assistir ao programa completo, acesse o link.

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.