Foto: Divulgação

Santos

03 DE SETEMBRO DE 2021

Atrações trazem novas perspectivas para o Monte Serrat

Além da catedral de Nossa Senhora do Monte Serrat, um dos cartões postais mais famosos da cidade conta com novas atrações

Por: João Pedro Bezerra

 

Um espaço revitalizado e com boas perspectivas para o futuro. É assim que o Monte Serrat se reinventa.

Além da religiosidade, que leva milhares de pessoas todos os anos à Igreja de Nossa Senhora do Monte Serrat, padroeira de Santos, principalmente neste mês de celebração da santa, o entorno da capela conta com várias atrações turísticas e culturais, nas quais vão trazer impactos positivos para o município.

Uma destas novidades é a feira de artesanato que acontece aos domingos.

Assim as artesãs da comunidade do Monte Serrat e de outros bairros da cidade participam do evento que atrai um bom público, sobretudo das pessoas que vão à missa.

A feira de artesanato é uma das fórmulas para promover a economia criativa na cidade. São duas opções para chegar ao local, a primeira é encarar os 402 degraus de uma das escadarias mais famosas do Brasil.

Aliás, o espaço foi palco da competição de downhill por vários anos, inclusive com transmissão da TV Globo. A descida das bicicletas mobilizava toda a comunidade.

Outra opção é ir de bonde e os ingressos tiveram uma redução.

Desta maneira, a tarifa custa R$ 15,00 de segunda a sexta e R$ 20,00 nos fins de semana e feriado.

Assim, a cobrança é somente realizada na subida, onde é entregue o ticket para o percurso da volta. Idosos, professores, crianças de 6 a 10 anos e servidores públicos da Baixada Santista pagam meia entrada; já os menores de 5 anos têm entrada franca.

Quem for ao Monte Serrat, pode conhecer a história da padroeira e do prédio, inaugurado em 1927, que fica no ponto mais alto de Santos.

Atrações

Assim, logo quando a pessoa chega de bondinho ao prédio, um dos monitores da equipe responsável pelo espaço traz a história do local, que já foi um cassino, frequentado pela alta sociedade brasileira na década de 30, tempo depois os cassinos foram proibidos no País

Além disso, o tour tem a explicação de como funciona a engenharia para o funcionamento do bonde. Algumas curiosidades são a visitação ao salão de festa no segundo andar e o terraço. Vale destacar que o salão pode ser alugado para eventos, como casamentos, batizados, festas de aniversários e reuniões.

O terraço conta com música ao vivo nos fins de semana e feriados, uma ótima dica de entretenimento para amigos e a família.

No primeiro andar, ainda há um restaurante-bar que também conta com música ao vivo aos fins de semana e funcionamento normal durante todos os dias. O espaço kids é diversão garantida para as crianças. Afinal, o espaço tem cama elástica, escorregador e balancê. Para as crianças da comunidade e quem sobe pelo bondinho cobra-se um valor simbólico de R$ 5.

Espaço Kids é atração garantida para a garotada/ Foto: João Pedro Bezerra

Aventura Radical

Os amantes de aventura radical agora têm um prato cheio no Monte Serrat. A descida de rapel no local é uma das grandes novidades e funciona aos fins de semana. São dois percursos: um menor, de 45m, que não precisa de agendamento e outro de 230m com necessidade de marcar com antecedência.

As ações de revitalização foram realizadas pelo grupo responsável pelo equipamento: Espaço Cassino Elevador Monte Serrat. instagram.com/monteserratsantos

De acordo com a diretora, Nicole Tinelli Vallejo, bisneta do espanhol Manoel Vallejo, fundador do espaço, todo o investimento representa confiança na retomada das atividades.

É um lugar que já é atrativo e com área arejada. O que mais precisamos nesse momento de retomada. Queremos transformar o Monte Serrat em um equipamento turístico de referência brasileira e mundial. É um local único, que atende todas as idades em um passeio que ficou acessível às famílias. Que isso atraia turismo para a Cidade e valorize a comunidade do Monte Serrat”, salientou Nicole.

Turistas

Os turistas que visitam o Monte Serrat gostaram das novidades. José Prado, morador da capital paulista, voltou ao local depois de dois anos.

Ele salientou que o espaço está mais agradável. “A última vez que visitei o Monte Serrat não tinha nada disso. Alguns equipamentos precisavam de manutenção, agora parece que houve um upgrade”, citou José.

Já o também morador de São Paulo, Daniel de Brito visitou o Monte Serrat com a esposa pela primeira vez e ficou impressionado com a riqueza do local. “Além da questão religiosa, pois sou católico, tive a curiosidade em fazer a visita por ser um dos cartões postais de Santos e pela divulgação nas redes sociais. Gostei principalmente da vista da cidade”, salientou o turista.

Local atraí turismo religioso/ Foto: João Pedro Bezerra

Moradores

Cada casa construída no Monte Serrat carrega uma história que se renova com novas gerações. Irene Delfino, de 81 anos, conta que faz mais de 40 anos que ela se mudou para a comunidade.

Um dos momentos mais especiais para ela é o Dia de Nossa Senhora do Monte Serrat “A festa é muito bonita, milhares de pessoas sobem o morro, algumas de joelho, vou na igreja agradecer a padroeira com frequência”, ressaltou.

A tranquilidade e a união da vizinhança são algumas das principais virtudes do morro. Com o passar dos anos, muitos moradores optaram por ter um comércio no próprio bairro. É o caso de Carla de Souza, que tem uma loja de roupas desde 2019.

Carla sempre morou no morro. Ela cita que seu pai foi criado na comunidade e sua mãe veio da Ilha da Madeira, em Portugal, e um tempo depois foi morar no Monte Serrat. O filme se repetiu e Carla também se casou com um morador do morro.

Ela destaca que é muito bom morar na comunidade do Monte Serrat e espera que a vacinação em massa coloque fim à pandemia da Covid-19, assim mais pessoas vão visitar a igreja e consequentemente sua loja terá um maior movimento.

Mural homenageia as Marias do Monte Serrat/Foto: João Pedro Bezerra

Prefeitura

A Secretaria de Serviços Públicos (Seserp) informou, por meio da Subprefeitura dos Morros que trabalhou durante cerca de 40 dias, preparando o Monte Serrat para os festejos da Padroeira de Santos, mobilizando 15 funcionários.

Foram realizados os seguintes serviços: limpeza das galerias da rede de drenagem; manutenção dos degraus da escadaria; pintura dos corrimãos; pintura do prédio do santuário; capinação, raspagem e corte de grama, e instalação de cordão luminoso festivo.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.