Carlos Teixeira ocupará presidência da Câmara a partir do próximo ano | Boqnews

Santos

01 DE NOVEMBRO DE 2022

Carlos Teixeira ocupará presidência da Câmara a partir do próximo ano

Ex-vice prefeito e secretário municipal, Cacá Teixeira estará à frente do Legislativo santista a partir de janeiro de 2023.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Vereador pelo terceiro mandato, vice-prefeito de Santos na gestão de João Paulo Papa e secretário de Desenvolvimento Social e de Gestão nos governos Papa e Paulo Alexandre, respectivamente, o advogado e vereador Carlos Teixeira Filho (PSDB) ocupará mais uma importante função pública.

A partir de 1º janeiro de 2023, ele será o presidente do Legislativo para o biênio 2023/24.

Dividirá seu trabalho com a vice-provedoria da Santa Casa de Santos.

Portanto, Cacá Teixeira elegeu-se em chapa única por 17 votos favoráveis e 4 contrários.

Ou seja, votaram contra Benedito Furtado (PSB), Débora Camilo (PSOL), Rui de Rosis (União) e Sergio Santana (PL).

A decisão de chapa única foi marcada pela polêmica nos últimos dias envolvendo vereadores da base aliada.

Dessa forma, duas chapas chegaram a ser citadas como participantes tendo na presidência Cacá Teixeira e Ademir Pestana, ambos do PSDB.

No entanto, após sucessivas reuniões, Pestana migrou para o outro grupo, assim como Augusto Duarte, também do PSDB.

Dessa forma, os tucanos marcharam unidos.

Assim, houve o registro apenas de uma chapa.

Além de Cacá como presidente do Poder Legislativo também integram a chapa:

– Roberto Oliveira Teixeira, o Pastor Roberto (Republicanos), como 1º vice-presidente;

–  Francisco Nogueira, o Chico da Settaport (PT), como 2º vice-presidente;

– Lincoln Reis (PL) no cargo de 1º secretário;

– João Neri (PSD) como 2º secretário.

Pelo menos dois nomes continuam fazendo parte da mesa no próximo biênio: Lincoln Reis e Pastor Roberto.

Liderança de governo

Enquanto não se torna presidente do Legislativo, Cacá Teixeira (PSDB) terá outra missão até o final deste ano.

Irá substituir Rui de Rosis (União) na liderança do governo na Câmara.

 

Vereador Cacá Teixeira presidirá a Câmara de Santos a partir do próximo ano. Foto: Carla Nascimento

Competências da Mesa Diretora

Art. 10. À Mesa Diretora, dentre outras atribuições, compete:

I – propor projetos de lei que criem ou extingam cargos dos serviços da Câmara e fixem os respectivos vencimentos;

II – elaborar e expedir, mediante Ato, a discriminação analítica das dotações orçamentárias da Câmara, bem como alterá-la, quando necessário;

III – suplementar, mediante Ato, as dotações do orçamento da Câmara, observado o limite de autorização constante da lei orçamentária, desde que os recursos para sua cobertura sejam provenientes de anulação total ou parcial de suas dotações orçamentárias;

IV – apresentar projetos de lei dispondo sobre abertura de créditos suplementares ou especiais, através de anulação parcial ou total da dotação da Câmara;

V – devolver à Tesouraria da Prefeitura o saldo de caixa existente na Câmara no final do exercício;

VI – enviar ao Prefeito, até o dia 1º de março, as contas do exercício anterior, para fins de encaminhamento ao Tribunal de Contas do Estado;

VII – nomear, promover, comissionar, conceder gratificações, licenças, pôr em disponibilidade, exonerar, demitir, aposentar e punir funcionários ou servidores da Câmara Municipal, nos termos da lei;

VIII – apresentar ao Plenário, até o dia 20 (vinte) de cada mês, balancete relativo aos recursos e às despesas do mês anterior, disponibilizando-os para consulta no sítio eletrônico oficial da Câmara Municipal, bem como, todas as informações em tempo real conforme determina legislação federal em vigência.

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.