Bicicletários

Câmara aprova lei de obrigatoriedade de vagas para bicicletas em edifícios

10% das vagas existentes deverão ser destinadas para bicicletas. Medida visa estimular o uso desse meio de transporte

18 de setembro de 2019 - 17:15

Da Redação

Compartilhe

Foi aprovado, na última segunda-feira (16), pela Câmara Municipal de Santos, o Projeto de Lei Complementar, N° 0013/2018.

De autoria do vereador Chico Nogueira (PT), o PLC obriga edifícios residenciais da cidade a disponibilizarem vagas para bicicletas.

Esse item foi acrescentado na Lei N° 528, de 18 de abril de 2005. Este determina e classifica as vagas para estacionamentos em edificações no município.

Todos os edifícios terão que possuir 10% das vagas existentes para bicicletas. Agora, o projeto irá para a sanção do Prefeito Municipal, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).

Com a facilidade de ser uma cidade basicamente plana e que conta com cerca de 50 km de malha cicloviária, Santos é caracterizada pelo grande número de usuários desse tipo de transporte.

O vereador Chico Nogueira acredita que o projeto irá estimular esse hábito nos cidadãos santistas.

“Com mais lugares para guardar as bicicletas, as pessoas terão uma maior possibilidade de transporte alternativo e não prejudicial ao meio ambiente. Essa cultura já é evidente em países europeus”.

Além disso, o parlamentar enfatiza que essa é uma demanda antiga dos ciclistas, onde, em muitas situações, não tinham como guardar as bicicletas nos edifícios. Dessa forma, precisavam colocar em cômodos das residências, ocasionando transtorno.