Violência

Câmeras flagram assaltantes que fazem arrastão durante a madrugada

Seis assaltantes foram presos após terem feito arrastões durante a madrugada em Santos e fugirem para São Vicente, onde entraram em tiroteio com a PM.

19 de agosto de 2019 - 20:10

Da Redação

Compartilhe

No Gonzaga, os assaltantes abordaram jovens e até uma perua escolar durante a madrugada. Foto: PMS/Divulgação

 

Seis rapazes acusados de cometer assaltos foram capturados pela Polícia Militar, na madrugada deste domingo (18), após câmeras de monitoramento da Prefeitura visualizarem em tempo real o trajeto que percorriam com um carro roubado.

Após tomar conhecimento sobre um dos roubos em São Vicente, um operador do Sistema Integrado de Monitoramento (SIM) passou a procurar o veículo pelas imagens.

Às 5h30, o carro foi visto na região divisa entre Santos e São Vicente, na orla.

Os operadores das câmeras foram acompanhando e passando para a polícia, em tempo real, as vias acessadas pelo grupo.

Quando estavam próximos à Rua Maranhão, os suspeitos pararam o carro e roubaram um pedestre.

Poucos minutos depois, assaltaram simultaneamente jovens que estavam parados na Avenida Ana Costa e um veículo escolar.

Pelas câmeras, os operadores avistaram armas de fogo, por isso foi definida a estratégia de realizar uma abordagem cautelosa, visando a segurança de quem estava nas imediações.

Após acessarem novamente a avenida da praia, os acusados pararam em um ponto de ônibus e assaltaram pessoas que estavam aguardando o transporte.

Com receio de que o grupo pegasse reféns, a polícia aguardou até que se afastassem.

A partir daí, a polícia iniciou a perseguição e, após passar por ruas dos bairros Gonzaga e José Menino, o carro com os suspeitos seguiu para São Vicente.

Na Avenida Antônio Emmerich, o cerco policial já estava armado e o veículo acabou colidindo em um poste.

Houve troca de tiros e tentativa de fuga, porém todos do grupo foram capturados pela PM.

Oito celulares foram recuperados.

No interior do veículo, foram deixadas duas armas de fogo.

 

 

LEIA TAMBÉM: