Carnaval

Carnabanda 2020 é suspenso e novo modelo deve ser anunciado na sexta (31)

Confusão na banda Carnatolê, no Gonzaga, motivou o anúncio. Reunião definirá formato para garantir segurança de foliões

29 de janeiro de 2020 - 13:43

Da Redação

Compartilhe

A Prefeitura de Santos, junto à Polícia Militar, anunciaram na manhã desta quarta-feira (29), a suspensão do Carnabanda 2020.

A decisão foi tomada após o tumulto ocorrido na noite de ontem (28) na apresentação da Carnatolê, no Gonzaga.

Foram registrados furtos de aparelhos celulares e outros pertences. Houve confronto entre polícia e indivíduos que provocaram confusão.

Na quinta-feira (30) haverá reunião com os representantes das bandas. Assim, um novo formato de evento será definido e anunciado na sexta. Entretanto, a informação inicial é que as bandas desfilarão em ambientes controlados, a fim de garantir a segurança dos foliões.

O anúncio foi feito em coletiva no 6º BPMI, no Gonzaga. A ocasião reuniu o secretário de Segurança de Santos, Sérgio Del Bel Júnior, e de Cultura, Rafael Leal, além do comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPMI), major César Augusto Sampaio Terra.

Nas redes sociais, frequentadores das bandas lamentaram a suspensão. “Algumas pessoas estragam o lazer das pessoas de bem”, pontuou um munícipe.

Por outro lado, outros apontam a necessidade de um trabalho mais efetivo da Polícia Militar: “Cancelar a festa por gente que não sabe se comportar é assinar que essas pessoas estão acima do poder público”.

Bandas

De acordo com a programação do Carnabanda 2020, até o anúncio programado para sexta (31), seis bandas não se apresentarão: a Desde Pequenino; Encruzilhada; Só Amigos Baixada Santos; MIS; Ilhéus e Sanatório Geral.

LEIA TAMBÉM: