Chuvas

Defesa Civil de Santos alerta sobre sinais de deslizamentos

Com o intenso volume de chuva na região, órgão enfatiza a importância da atenção redobrada e orienta o que deve ser feito

03 de fevereiro de 2020 - 17:14

Da Redação

Compartilhe

A Defesa Civil de Santos faz um alerta para a previsão de grande quantidade de chuva para os próximos dias na região.

A meteorologia indica que o tempo permanecerá instável e a chuva vai se alternar com períodos de trégua, mas, com o solo já saturado em função das ocorrências do final de semana, aumentam as chances de deslizamentos.

O acumulado pluviométrico das últimas 72 horas é de 231,6mm e os morros permanecem em estado de atenção.

Conforme a previsão do tempo, o volume de chuva esperado para os próximos três dias é de 45 a 90 milímetros.

Para esta terça-feira (4), a meteorologia aponta para a probabilidade de 95% de precipitações com intensidade variando entre moderada e forte.

Para quarta (5) e quinta-feira (6), as chances de chover são de 95% e 90%, respectivamente, com intensidade moderada.

“É por isso que pedimos a colaboração da população. Qualquer chuva agora pode desencadear um processo de deslizamento. Tivemos ocorrências pontuais nos últimos dias, mas se tivermos pancadas fortes, precisamos intensificar o alerta”, afirmou o coordenador da Defesa Civil de Santos, Daniel Onias.

Como parte do Plano Preventivo da Defesa Civil (PPDC), que entrou em vigor no dia 1º de dezembro de 2019, mais de 2,5 mil moradias localizadas em áreas de risco na Cidade (sendo a maioria morros) já receberam a visita de técnicos para alertar sobre os sinais que indicam deslizamentos.

Primeiros sinais de perigo

  • No solo: trincas no terreno, degraus de abatimento ou rachaduras
  • Em casa: trincas novas no piso ou nas paredes, ou muros estufados
  • Inclinação de árvores, postes ou muros
  • Valas e surgências d’água com coloração mais barrenta que o normal
  • Estalos ou aumento das trincas em blocos ou paredões rochosos

Quem desejar receber alertas por celular basta enviar o CEP ou SMS para o número 40199. Em casos de emergência, o morador deve ligar para a Defesa Civil pelo telefone 199.

LEIA TAMBÉM: