Polícia

Edinho, filho de Pelé, é preso em Praia Grande

O TJ-SP informou que a prisão de Edinho foi decretada porque que não foram aceitos os embargos de declaração apresentados pela defesa

18 de novembro de 2014 - 19:01

Gilmar Alves Jr.

Folhapress

Compartilhe

O ex-goleiro Edson Cholbi Nascimento, o Edinho, filho de Pelé, foi preso na tarde desta terça-feira (18) no Fórum de Praia Grande. Condenado a 33 anos e quatro meses de prisão em maio deste ano por lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas, Edinho foi informado sobre a ordem de prisão ao cumprir a medida cautelar de se apresentar mensalmente em juízo.

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) informou, por meio de assessoria de imprensa, que a juíza Suzana Pereira da Silva, auxiliar da 1ª Vara Criminal de Praia Grande, decretou a prisão de Edinho porque que não foram aceitos os embargos de declaração apresentados pela defesa em relação à sentença, proferida em 30 de maio.

Como não foi concedido o direito de apelar em liberdade, a Justiça expediu o mandado de prisão, informou o TJ-SP. A reportagem deixou recado para a defesa de Edinho nesta tarde, mas não obteve retorno até as 17h30.

Passaporte
Edinho ficou preso preventivamente por uma semana no mês de julho. A ordem de prisão foi decretada pela juíza Suzana Pereira da Silva porque o atleta não apresentou seu passaporte à Justiça, condição imposta para que ele pudesse recorrer em liberdade da sentença.

O advogado Eugênio Malavasi argumentou que Edinho havia perdido seu passaporte e que o extravio foi comunicado pelo ex-goleiro à Polícia Federal. Com isso, o filho de Pelé foi liberado da cadeia anexa ao 5º DP de Santos em 15 de julho, após o TJ-SP revogar a prisão preventiva.

LEIA TAMBÉM: