Guarujá

Guarujá cria protocolos para volta do beach tennis, vôlei de praia e futevôlei

Permissão vale para a pratica das atividades esportivas na faixa de areia das praias

03 de agosto de 2020 - 10:39

Da Redação

Compartilhe

A Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Sedel) apresentou no último domingo (26), um novo protocolo que estabelece medidas de segurança e critérios para a retomada das práticas de beach tennis, vôlei de praia e futevôlei. Os treinos foram permitidos nas faixas de areia das praias da Cidade, seguindo todas as normativas para que ocorram de forma mais segura possível.

Os esportes citados não apresentam contato físico entre os jogadores, considerando que os jogos são realizados numa quadra de areia com até 200 metros quadrados, prevalecendo, portanto, um espaço de 25 a 50 metros quadrados por jogador, respeitando então, os dois metros de distância recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Dentre as regulamentações que foram aplicadas está a diminuição do tempo de duração dos treinamentos; no momento, serão permitidos somente quatro jogadores (incluindo o professor) por quadra; o uso da máscara é indispensável; todos os equipamentos deverão ser higienizados antes, durante e após a utilização.

Essas diretrizes foram adotadas de acordo com os protocolos elaborados pelo Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região do Estado de São Paulo (CREF4/SP), com as recomendações da Educação Física frente à pandemia da Covid-19; e o de retomada das atividades esportivas do Governo do Estado de São Paulo.

O que pode e o que continua proibido

Além dessas novas modalidades, a permanência de pessoas no mar e faixa arenosa, está condicionada as práticas de esportes individuais, como caminhadas e corridas, sem restrição de horário, respeitando as regras de distanciamento. Permanecer na areia tomando sol, por exemplo, continua proibido.

Estão permitidas, também, as modalidades prancha, longboard, bodyboard, stand-up, standuppaddle e kitesurfe. Além deles, podem ir ao mar caiaques e canoas individuais.

LEIA TAMBÉM: