cidades

Guarujá se prepara para receber projeto da família Grael

Guarujá deve ganhar um Centro Náutico para ensinar crianças da comunidade de Santa Cruz dos Navegantes a arte da navegação.…

10 de junho de 2009 - 12:24

Da Redação

Compartilhe

Guarujá deve ganhar um Centro Náutico para ensinar crianças da comunidade de Santa Cruz dos Navegantes a arte da navegação. Entre as atividades propostas estão uma escolinha de remo e vela, além de oficinas profissionalizantes. O projeto, que tem como base a inclusão social, é idealizado por Axel Grael, irmão do iatista Lars Grael, e foi apresentado na manhã desta sexta-feira (5) para a prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, secretários municipais e futuros parceiros, na Fortaleza de Santo Amaro.


“Temos aqui condições excelentes para desenvolver o projeto. Essas águas são tradicionais para a prática da vela. A infraestrutura do clube também é muito boa. Mas, muito mais do que uma escola, pretendemos fazer aqui um grande trabalho de inclusão social”, afirmou Grael, durante visita à sede náutica do Clube Saldanha da Gama, em Guarujá, que é gerenciada pela Secretaria de Esportes e Lazer.


O velejador e presidente do Instituto Rumo Náutico, que fica no Rio de Janeiro, apresentou a experiência desenvolvida por sua entidade para diversas autoridades e sociedade organizada, como a reitora da Universidade Católica de Santos (UniSantos) e mantenedora da Fortaleza, Maria Helena Lambert, e o superintendente regional do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Vitor Hugo Nori.


Confiante com relação à adesão de parceiros, a prefeita de Guarujá acredita na viabilidade do projeto. “Queremos promover a educação ambiental e a prática da cidadania, além de resgatar e promover a cultura marítima. A universidade será uma parceira fundamental, mas vamos à busca de novos empreendedores”, disse a prefeita Maria Antonieta de Brito. 


Grael visitou a Cidade a convite da Prefeitura de Guarujá, da UniSantos e da Agência Costeira. A data foi escolhida por ser o Dia Mundial do Meio Ambiente. O convite englobou também uma palestra para os alunos da Escola Municipal 1º de Maio, no Jardim Boa Esperança, que ocorreu na noite de quinta-feira (4).


Projeto

O trabalho agrega iniciação esportiva (Natação, Vela, Remo e Canoagem), ensino profissionalizante (Marcenaria Náutica, Veleria e Capotaria, Mecânica Náutica, Refrigeração Náutica, Elétrica/Eletrônica, Manutenção de embarcações) e educação complementar (Geografia, Meteorologia), além de projetos de Geração de Renda com as famílias dos alunos. A proposta é atender crianças e jovens de 9 a 18 anos.


 

LEIA TAMBÉM: