Auxílio mundial

Guerreiros Sem Armas retorna para ajudar comunidades em Santos e Cubatão

O Guerreiro sem Armas está em sua 11ª edição. Criado pelo Instituto Elos, serão beneficiadas as comunidades do Monte Serrat (Santos), Vila dos Pescadores e Pilões (Cubatão).

10 de julho de 2018 - 14:45

Da Redação

Compartilhe

Desde 2 de julho, jovens de todo o planeta estão em Santos participando do Guerreiros Sem Armas (GSA).

O projeto foi criado pelo Instituto Elos (www.institutoelos.org).

Nesta 11º edição, o programa atua no Monte Serrat (Santos) e Vila dos Pescadores e Pilões (Cubatão).

O programa tem como parceiros Porto de Santos-CODESP; Fundação Arymax; Caixa Econômica Federal; Fundação FABH e apoio da Unimed; Prefeitura de Santos e Prefeitura de Cubatão.

A experiência propõe transformação pessoal e territorial, sendo que grande parte das atividades são realizadas nas 3 comunidades parcerias.

Eles aprendem, na prática, a mobilizar pessoas e realizar ações em diferentes contextos.

Nos últimos 19 anos, formou-se mais de 500 jovens de 51 países (número que subirá ainda mais esse ano, com a inclusão de Congo e Tanzânia); que atuaram em parceria com 27 comunidades na Baixada Santista.

Encontro dos Sonhos

Todas as pessoas interessadas em conhecer o programa e seus participantes podem participar do Encontro dos Sonhos.

O evento será aberto no dia 14 de julho das 14 às 19 horas no Instituto Procomum (rua Sete de Setembro, 52, Santos).

Além de apoiar nos mutirões comunitários que acontecem simultaneamente nas 3 comunidades durante 4 dias seguidos; 21 a 24 de julho (sábado a terça).

Os participantes de todas as edições do programa Guerreiros Sem Armas fazem parte de uma rede mundial de jovens empreendedores sociais que, atuam localmente para construir o melhor mundo.

Como ações consolidadas, temos o Oasis Sampa; o Oasis BH; além do movimento Oasis Caribe, o GSA Madrid, movimento de Guerreiros na Índia. Ainda há outras experiências de longo prazo que envolvem culinária, permacultura, arte, cultura, entre vários outros talentos.

Realizado desde 1999, o Guerreiros Sem Armas (www.institutoelos.org/gsa) oferece uma experiência profunda de transformação com várias etapas de aprendizado. Tudo a partir de uma série de instrumentos que facilitam o trabalho em comunidade.

Por meio do programa, jovens têm contato com tecnologias para transformação de realidades em qualquer lugar do mundo, em especial a Filosofia Elos e o Jogo Oasis.

A etapa vivencial conta com 290 horas de formação em 3 comunidades da Baixada Santista com uma equipe experiente de facilitadores e consultores.

Além dos participantes na formação, o programa acolhe cerca de 500 pessoas ao longo de todo o processo: moradores das comunidades, representantes do poder público, do comércio local, de universidades, escolas e muita gente que participa espontaneamente do processo