Mídias Sociais

Influencers da Baixada Santista ganham destaque na internet

Influencers da região ganham cada vez mais destaque com as visualizações de seguidores e parcerias com empresas

18 de setembro de 2020 - 18:46

João Pedro Bezerra

Compartilhe

O trabalho que em anos anteriores era visto como um tabu, repleto de preconceitos, nos dias atuais virou uma tendência, principalmente para o público feminino: as influencers digitais ganham destaque na mídia tradicional, são procuradas pelas mais diversas empresas e chamam a atenção das pessoas que consomem o conteúdo dando um alto índice de engajamento nas redes sociais.

Em todos os cantos do País há influencers digitais. As mais conhecidas são Gabriela Pugliesi, Kéfera, Flávia Pavanelli, Larissa Manoela e outras.

O sucesso delas é tão grande que a Rede Globo decidiu mudar o formato do seu principal reality, “Big Brother Brasil”, convidando diversas pessoas que são famosas na internet para participar do programa, como Bianca Boca Rosa e Rafaella Kalimann. A inovação deu resultado e o reality bateu recorde de audiência.

Mas, afinal, o que faz uma influencer digital? A resposta é simples: elas são produtoras de conteúdo pela internet e buscam atingir o número máximo de pessoas com seus respectivos trabalhos que têm como finalidade influenciar um comportamento, criar uma nova tendência ou divulgar alguma marca.

Influencers da Baixada

Isabelle Teotônio pretende lançar um curso de automaquiagem em 2021/ Foto: Divulgação

Na Baixada Santista, as influenciers também ganham destaque. A maquiadora Isabelle Teotônio, de 23 anos, sempre teve facilidade com os meios digitais.

Em 2016, ela iniciou o trabalho na internet fazendo trabalhos de modelo para marcas e fechando pequenas publicidades, muitas vezes até sem remuneração. O esforço de Isabelle deu resultado e aos poucos ela foi ganhando espaço e destaque. Atualmente, a jovem já tem mais de 19 mil seguidores no Instagram (belleteotonio). Para ela, a influencer digital é uma parte importante para o marketing da empresa, produto ou serviço.

“Já saíram pesquisas em que 71% das pessoas que seguem alguma influenciadora levam em consideração a indicação de quando vão comprar algum produto. Então, basicamente a influenciadora, após o briefing da empresa, vai criar uma campanha de marketing em suas redes sociais para tornar aquilo popular, dando uma visibilidade maior”, enfatiza.
Isabelle viu seu público se engajar ainda mais nos conteúdos durante o período de quarentena e já tem planos para o futuro, como o lançamento do seu canal no Youtube ainda nesse ano e também a estreia de novos quadros no Instagram. Para 2021, a maquiadora pretende lançar um curso online de automaquiagem

Outra jovem da região que chama a atenção de empresas e do público nas redes socais é Fernanda Kelley. Com apenas 20 anos, ela já tem mais de 59 mil seguidores no Instagram (_fernandakelley). Apaixonada pela área de comunicação desde pequena, a modelo de Praia Grande entrou no meio no segundo semestre de 2017, quando recebeu algumas parcerias de empresas para divulgar a marca em suas redes sociais. Os trabalhos foram crescendo e assim ela passou a estudar ainda mais o público no Instagram e quais conteúdos eram os mais acessados.

Fernanda ressaltou ter cuidados na hora de avaliar a empresa e divulgar as marcas, pois caso o cliente não fique satisfeito ou tenha problemas com o produto, a credibilidade da influencer é atingida e automaticamente milhares de pessoas deixam de acompanhar a página. Atualmente, a modelo trabalha com a divulgação de projetos fotográficos, loja de roupas, restaurantes, consultórios odontológicos e cursos profissionalizantes. Com tanto engajamento e sucesso profissional, ela planeja expandir seus projetos para outras regiões do Estado.

Fernanda Kelley tem parcerias com diversas empresas/ Foto: Divulgação

Início de trabalho

Algumas influencers começaram a atuar no mercado há pouco tempo, como a estudante de Publicidade e Propaganda, Mila Oliveira, de 21 anos. A munícipe de Mongaguá decidiu investir na carreira em meio à pandemia, onde teve mais tempo livre em casa e com o apoio de amigos viu o engajamento dos conteúdos crescerem no seu Instagram (milaoliveir.a), que já conta com quase 3 mil seguidores.

Apesar de ainda está no começo, ela já fechou parcerias com diversas lojas. Um dos pontos fortes da produção de Mila são as dicas de maquiagem e cabelo para as mulheres negras, ou seja, a jovem encontrou um nicho de representatividade na internet, com diversas produções disponíveis.

Mila Oliveira entrou no mercado há pouco tempo/ Foto: Divulgação

LEIA TAMBÉM: