Lar Mensageiros da Luz pede ajuda para não fechar as portas | Boqnews

Solidariedade

14 DE AGOSTO DE 2018

Lar Mensageiros da Luz pede ajuda para não fechar as portas

Lar Mensageiros da Luz tem gasto mensal de R$ 220 mil, valor superior às despesas mensais da entidade, que abriga 30 pessoas, de 1 a 55 anos.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Entidade é a única da Baixada Santista a atender pessoas com paralisia cerebral. Algumas vivem no próprio local. Fotos: Divulgação

 

Uma história de quase meio século corre o risco de chegar ao fim. Afinal, o Mensageiros da Luz surgiu a partir do grupo kardecista pertencente ao Centro Espírita Henrique Seara, que teve a ideia de criar um lar para pessoas com deficiência oriundas de famílias em situação sócio-econômica precária.

Em 1969, ocorreu o primeiro abrigamento. Então, começaram a chegar novos casos. Diante disso, a edificação, que era apenas um sobrado, precisou ser ampliada. Atualmente são três andares, onde existem secretaria, salão para palestras, salões dormitórios, cozinha, despensa, lavanderia industrial e banheiros.

Esta bela história, porém, pode ter um final triste, se nada for feito pela sociedade e Poder Público. Na última segunda (13), a presidente do Lar Espírita Mensageiros da Luz, Edna Kodja Daguer, participou da plenária da Câmara de Santos, durante a Tribuna Cidadã.

Ela solicitou ajuda dos vereadores e fez um apelo à sociedade para conseguir continuar mantendo a instituição. Hoje, são atendidas 30 pessoas, de 1 a 55 anos, todas portadoras de paralisia cerebral

 

A presidente da casa, Edna Kodja Daguer, salientou as dificuldades financeiras que a entidade tem enfrentado, com gastos mensais de R$ 220 mil. Sem recursos adicionais, o fechamento poderá ser inevitável.

 

Dificuldades financeiras

As contas da entidade não fecham. “É a única entidade da Baixada Santista que tem moradia para crianças portadoras de paralisia cerebral, e algumas outras sequelas, e que as proporciona uma qualidade de vida”, completa.

Edna espera que a presença na Câmara sensibilize também empresários que possam ajudar com contribuições que ajudem a suprir o gasto mensal da entidade, que chega a R$ 220 mil por mês. Só que a entidade arrecada R$ 120 mil mensais.

Ou seja, um rombo mensal de R$ 100 mil. São mais de 60 funcionários que trabalham na entidade, além de voluntários.
Os vereadores poderão ajudar a partir das emendas parlamentares para 2019. “Gostaria de convidá-los, a todos e todas, que nos visitem, por favor. Estamos com as portas abertas para recebê-los”, completou Edna.

Arrecadação

A instituição conta com vários tipos de auxílio, mas o volume é insuficiente. Segundo o gerente administrativo Luciano Santos, a entidade realiza diversos eventos para conseguir renda.

“Além dos eventos, o Lar recebe o repasse da Prefeitura”, conta.

Para angariar fundos, Luciano ressalta que o Lar conta com o Lojão Beneficiente e ainda com as doações de diversos tipos de materiais e roupas. “Desde a publicação nas mídias, nós tivemos uma grande procura para doações”, conta.

Para quem quiser realizar doações, basta acessar o site www.mensageirosdaluz.org.br e fazer doações online ou pela conta corrente: 12215-7, agência (1202) no Bradesco.

Serviço

O contato do Mensageiros da Luz pelo telefone (13) 3223.1629.

A entidade funciona à Rua Cunha Moreira, 47, na Encruzilhada, em Santos.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.