Márcio França é nomeado secretário de Desenvolvimento de SP | Boqnews
Foto: Marco Antônio Félix/Divulgação

Política

16 DE DEZEMBRO DE 2014

Márcio França é nomeado secretário de Desenvolvimento de SP

Pasta é uma das mais estratégicas do Governo do Estado, e é responsável pelas PPPs, Investe SP e Universidades estaduais, por exemplo

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

O governador Geraldo Alckmin anunciou, no final da tarde desta terça-feira (16), que o vice-governador eleito na chapa do tucano, Márcio França (PSB), será o novo secretário de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia. A pasta é uma das mais importantes do Executivo Paulista, já que tem em seu escopo projetos importantes como as Parcerias Público-Privadas (PPPs), Investe SP, Etecs, Fatecs e as Universidades Estaduais, como a USP e Unicamp.

França, que foi secretário de Turismo do Estado no início do governo Alckmin, foi o responsável pela aliança do PSB com o PSDB nas eleições estaduais deste ano. Além disso, “bateu de frente” com Marina Silva, que era contra a aliança em solo paulista, e alcançou a vice do atual chefe do Executivo paulista.

Marcio França

Geraldo Alckmin discursa durante anúncio de França como secretário de Desenvolvimento do Estado. Foto: Marco Antônio Félix/Divulgação

Durante a cerimônia, o governador ressaltou a importância dos projetos e iniciativas da Secretaria de Desenvolvimento, e ressaltou a experiência de Márcio, ex-prefeito de São Vicente e deputado federal por dois mandatos. Ainda ressaltou que pode anunciar mais secretários nos próximos dias (já nomeou Saulo de Castro para a recém-criada Secretaria de Governo; Renato Vilella para a Fazenda e Benedito Braga para a pasta de Recursos Hídricos). Questionado sobre a movimentação política visando sua sucessão, afirmou que “ainda é cedo para tratar do assunto”

O vice-governador afirmou, no final do evento, que as coordenadas da secretaria “virão com o tempo, pois alem desse processo iniciar só em 1º de janeiro, ainda vou ver o andamento de tudo para ficar ao par”.

Com a nomeação, Alckmin segue um gesto semelhante ao que fez no seu retorno ao Palácio dos Bandeirantes, em 2010, quando também escolheu como secretário da pasta seu vice à época, Guilherme Afif Domingues. Após romper politicamente com ele, que foi um dos líderes da criação do PSD, junto com Gilberto Kassab, o tucano resolveu tirá-lo do cargo.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.