Mesmo com decisão judicial, operários trabalham nas obras do VLT em Santos | Boqnews
Douglas Luan

Polêmica

13 DE FEVEREIRO DE 2015

Mesmo com decisão judicial, operários trabalham nas obras do VLT em Santos

Liminar que liberava obras no trecho de Santos, entre o Canal 2 e o Canal 3 foi derrubada sexta-feira passada.
Como acórdão ainda não foi publicado, EMTU ainda não recebeu notificação; promotora fala em “má-fé” da Empresa

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A Justiça ordenou nova paralisação nas obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Santos. A decisão, divulgada no último dia 6 pela 1ª Câmara Reservada do Meio Ambiente derrubou, por 2 votos a 1, a liminar que permitia que a obra seguisse no trecho entre a avenida Francisco Glicério e o Canal 3.

Porém, como o acórdão com a sentença ainda não foi publicado, a EMTU não foi notificada, e é possível ver funcionários trabalhando no local. Durante a semana, funcionários realizavam serviços de solda nas estações e concretavam a ponte que é construída sob o canal 2.

VLT Menor 2

Operários concretavam ponte do Canal 2 na última sexta-feira (13); mesmo com ação, trabalhos seguem no trecho em discussão. Foto: Douglas Luan

A promotora de Justiça e uma das autoras da ação, Almachia Zwarg Acerbi, demonstra insatisfação com o fato. “Mesmo sem ter sido notificada formalmente, a empresa já tem ciência da decisão. Continuar a obra com a decisão só demonstra má-fé”, ressaltou, lembrando que o Ministério Público não é contra o VLT, mas em uma alteração no traçado que aumentou os custos da obra.

Em resposta, a EMTU afirma que não foi intimada oficialmente da decisão judicial sobre a paralisação das obras. “Assim que isso ocorrer, a empresa adotará as providências de cumprimento da decisão, sem prejuízo da adoção de medidas jurídicas que considerar necessárias.” O VLT está com 90% das obras concluídas em São Vicente e 50% em Santos.

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.