Morre o ex-vereador de Santos Carlos Mantovani Calejon | Boqnews
Foto: Luiz Vinagre/Facebook

Luto

19 DE SETEMBRO DE 2019

Morre o ex-vereador de Santos Carlos Mantovani Calejon

O ex-vereador estava internado no Hospital Ana Costa e lutava contra uma doença no coração

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

 

O ex-parlamentar sofria com problemas cardíacos. Foto: Divulgação

 

Morreu na manhã desta quinta-feira (19), aos 81 anos, o ex-vereador Câmara de Santos Carlos Mantovani Calejon.

Calejon enfrentava problemas cardíacos e estava internado no Hospital Ana Costa.

O ex-vereador será velado no Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos.

No entanto, o horário não foi definido.

 

Carreira

O ex-vereador foi eleito por sete vezes consecutiva para o Legislativo santista.

A primeira vez que fora eleito aconteceu em 1976 para a Câmara de Santos, pelo MDB.

O último mandato fora em entre 2005 e 2008.

Em 2008, Calejon participou novamente das eleições, no entanto, mesmo sendo o mais votado pelo Partido Verde (PV), não conseguiu se eleger.

O ex-parlamentar ainda presidiu a Câmara santista no biênio 1999/2000.

Calejon ainda trabalhou na Companhia Docas de Santos durante 14 anos.

 

Nota de pesar

 

O atual vereador da Câmara de Santos, o parlamentar Antônio Carlos Banha Joaquim (MDB), divulgou uma nota de pesar após a confirmação do falecimento do ex-vereador.

Confira abaixo o posicionamento:

“É com profundo pesar que recebo a notícia do falecimento do ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Santos Carlos Mantovani Calejon. Mantovani Calejon foi um grande articulador político, operoso, transitava bem com todos os partidos e tinha uma marca registrada de que compromisso assumido era compromisso cumprido. Ele fez várias legislações importantes para a cidade de Santos. “Fio do bigode” e palavra são marcas indeléveis deste homem público que tive a honra, o privilégio e a gratidão de conhecer! Amigo leal! Mantovani combateu o bom combate, encerrou a carreira e guardou a fé! Descanse em paz, Guerreiro, nos braços do Altíssimo, no trono da Glória! A saudade não poderá ser maior do que a gratidão!”, finaliza.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.