Divulgação

Santos-Guarujá

14 DE OUTUBRO DE 2014

Oito grupos disputam a construção do submerso

Projeto inédito no Brasil atrai interesse internacional e traz competidores de três continentes

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Representantes de construtoras do Brasil, Espanha, Itália, Coreia do Sul, Holanda e Turquia compareceram na manhã desta terça-feira, (14), na sede da Dersa – Desenvolvimento Rodoviário S/A, para entregar os documentos e propostas de metodologia para a execução das obras do Submerso– Túnel Santos-Guarujá.

A abertura desta primeira fase da licitação internacional, de pré-qualificação, revelou interesse de 22 grandes empresas, que concorrerão organizadas em sete consórcios e um concorrente isolado. Trata-se do maior contrato de obra pública viária na Baixada Santista. Todo o pacote de obras é licitado em lote único. O contrato está orçado em R$ 1,98 bilhão e contará com recursos do Tesouro do Estado, além de um financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Das 22 empresas que participam da pré-qualificação, 13 são brasileiras (JMalucelli, Andrade Gutierrez, CR Almeida, Camargo Corrêa, Carioca Engenharia, Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Construcap, Constran, Piacentini Tecenge do Brasil, Técnica Construções e Cobrasa Construtora) e nove estrangeiras, sendo três da Espanha (Ferrovial Agroman, FCC e Acciona), três da Itália (Salini Impregilo, Grandi Lavori Fincosit e Ing. E. Mantovani), uma da Holanda (Strukton), uma da Coreia do Sul (Daewoo) e  uma da Turquia (Nurol Insaat VE Ticaret).

Conheça os licitantes:
•       Consórcio Sigma (JMalucelli Construtora de Obras, Grandi lavori e Salini Impregilo)
•       Consórcio ISG Interligação Santos-Guarujá (Andrade Gutierrez, Daewoo e CR Almeida)
•       Consórcio Construtor Túnel Santos-Guarujá (Camargo Corrêa, Ferrovial Agroman e Carioca Engenharia)
•       Consórcio Construcap – FCC Túnel Santos-Guarujá (Construcap, FCC Construcción)
•       Consórcio Nova Travessia (Constran, Ing. E. Mantovani e Piacentini Tecenge do Brasil)
•       Consórcio Túnel Santos-Guarujá (Odebrecht, Queiroz Galvão, OAS e Strukton)
•       Consórcio Novo Acesso (Técnica Construções, Cobrasa Construtora e Nurol Insaat VE Ticaret)
•       Acciona Infraestructuras S/A

Próximos passos

As empresas que conseguirem atender aos requisitos técnicos e financeiros serão julgadas qualificadas e estarão aptas a apresentar proposta comercial na segunda etapa da licitação. A previsão da Dersa é iniciar a segunda etapa ainda em novembro de 2014. Vencerá a licitação o licitante qualificado cuja proposta comercial resultar no menor preço global para a obra. O início das obras está previsto para janeiro de 2015, com duração de 44 meses.

Sobre o túnel

Projetado com tecnologia inédita no País, o Submerso permitirá a articulação do transporte entre Santos e Guarujá, reduzirá o tempo de circulação de veículos, ligará as duas margens do Porto de Santos e contribuirá para a diminuição do consumo de combustíveis e a emissão de gases poluentes. Inovação e sustentabilidade são as grandes características do empreendimento. O túnel será composto de seis módulos de concreto pré-moldado, construídos em uma doca seca no Guarujá. Após finalizados, serão rebocados flutuando até o local onde serão submersos.

O Submerso tem o valor total estimado de R$ 2,8 bilhões (data-base junho/2014), o qual contempla, além das obras, os trabalhos de projeto, gerenciamento, compensações ambientais e desapropriações, entre outros.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.