Foto: Divulgação

Santos

01 DE OUTUBRO DE 2021

Policlínica Vila Mathias volta a vacinar contra a covid-19 nesta sexta

A unidade de saúde oferecerá a dose de reforço e a segunda dose de AstraZeneca.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A vacinação contra a covid-19 na Vila Mathias volta a ser realizada na policlínica do bairro a partir desta sexta-feira (1º). O espaço cedido pela Igreja Batista Peniel e que serviu como posto externo nos últimos meses passará por reforma. A unidade de saúde oferecerá a dose de reforço e a segunda dose de AstraZeneca.

O município de Santos está vacinando em primeira dose qualquer pessoa a partir de 12 anos de idade, em segunda dose todos os que completaram o intervalo da primeira aplicação (sendo CoronaVac 28 dias, AstraZeneca, 12 semanas e Pfizer, 8 semanas) e em dose de reforço os idosos com 80 anos ou mais e os imunossuprimidos a partir de 18 anos (veja abaixo a relação de postos para cada público).

Vale lembrar que os idosos podem tomar a dose de reforço no mínimo seis meses após a segunda dose ou dose única e os imunossuprimidos, com o intervalo mínimo de 28 dias da segunda dose ou única.

As doses de AstraZeneca serão aplicadas até o término do estoque. Depois, o Município passa a oferecer o imunizante Pfizer para a segunda dose.

Todos devem apresentar documento com foto, CPF e comprovante de residência em Santos. Segunda dose e dose de reforço: devem levar a carteirinha da campanha de vacinação contra a covid-19. Imunossuprimidos devem apresentar algum comprovante de sua condição (cópia de laudo, exame ou declaração do médico, por exemplo). Veja a lista completa de públicos atendidos, documentos e comorbidades aqui (https://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/veja-aqui-os-grupos-que-podem-ser-vacinados-hoje-em-santos).

 

⦁Imunodeficiência primária grave

⦁Quimioterapia para câncer

⦁Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas

⦁(TCTH) em uso de drogas imunossupressoras

⦁Pessoas vivendo com HIV/Aids

⦁Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.

⦁Uso de drogas modificadoras da resposta imune*

⦁Autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias

⦁Pacientes em terapia renal substitutiva (hemodiálise)

⦁Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas

* Drogas modificadoras de resposta imune: Metotrexato; Leflunomida; Micofenolato de mofetila; Azatiprina; Ciclofosfamida; Ciclosporina; Tacrolimus; 6- mercaptopurina; Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe); Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe).

Quem for aos postos de vacinação pode contribuir com doações de mantimentos e itens de higiene pessoal e de limpeza, a serem encaminhados pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS) a famílias em situação de vulnerabilidade social.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.