Prefeitura presta atendimento a vítimas de incêndio na Zona Noroeste | Boqnews
Foto: Divulgação

Ajuda

20 DE ABRIL DE 2020

Prefeitura presta atendimento a vítimas de incêndio na Zona Noroeste

O incêndio aconteceu na madrugada desta segunda-feira (20), no bairro Castelo

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Equipes da Prefeitura de Santos prestam atendimento às vítimas do incêndio que atingiu cerca de 60 barracos no Caminho da Divisa, entre os becos 22 e 40, na madrugada desta segunda-feira (20), no bairro Castelo, Zona Noroeste.

Um posto central de cadastro para assistência inicial foi montado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) na escola municipal Yara Nascimento Santini (Rua Fausto Felício Brusarosco s/nº, Castelo) para cadastro das que necessitam de abrigo da Prefeitura.

E, assim, para contabilizar as que vão para casa de parentes, além de necessidades quanto a alimentos e retirada de novos documentos.

“Estamos identificando as famílias e todas as informações serão cruzadas pelas equipes da Seds em conjunto com a Cohab-Santista e com a Defesa Civil”, afirmou o secretário de Assistência Social, Carlos Mota, ressaltando que quem precisar de acolhimento será encaminhado aos serviços da pasta.

Nos próximos dias, a Defesa Civil também fará relatório para verificar quais casas foram destruídas e quais famílias precisarão de abrigo ou de assistência continuada.

A remoção dos escombros será feita quarta-feira (22) pela Subprefeitura da Zona Noroeste.

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) encaminhará donativos para as famílias e informa que, por enquanto, não há necessidade de novas doações.

Incêndio

O incêndio começou perto das 4h desta segunda (20) e terminou por volta das 7h40, segundo o Corpo de Bombeiros, que atuou com nove viaturas e 23 bombeiros.

Uma equipe da Defesa Civil foi ao local, juntamente com a Subprefeitura da Zona Noroeste, além da Polícia Militar.

O fogo foi controlado com a ajuda dos moradores, que carregaram equipamentos dos bombeiros.

Duas pessoas foram socorridas pelos Bombeiros, uma delas por inalar fumaça e outra por mal súbito.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) esteve no local, mas não houve necessidade de prestar atendimento.

As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas pela Polícia Civil.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.