Santos

Um em cada 4 profissionais de Educação não receberá a segunda dose da Coronavac

O lote da segunda dose da Coronavac não atende a totalidade dos profissionais de Educação que foram vacinados anteriormente. Ou seja, 1 em cada 4 ficará sem vacina desta vez.

06 de maio de 2021 - 13:37

Da Redação

Compartilhe

Os trabalhadores da Educação que atuam em Santos e receberam a primeira dose de CoronaVac nos dias 10 e 11 de abril devem retornar aos postos, de sexta-feira (7) a domingo (9), para receber a segunda dose.

No entanto, o lote entregue – de 2.660 doses da CoronaVac – corresponde a 75% do total de doses enviadas pelo Estado para a primeira dose.

Isso significa que 1 em cada 4 profissionais que tomaram a primeira dose não serão vacinados.

Assim, o município já pleiteou o complemento junto ao governo estadual.

Não foram enviadas doses para a primeira aplicação dos profissionais de Educação que não conseguiram se vacinar anteriormente.

Vale lembrar ainda que as doses são carimbadas, ou seja, não podem ser utilizadas em outro público como os idosos, por exemplo.

O atraso no intervalo para tomar a segunda dose não é recomendada pelos médicos.

“Isso ainda não foi estudado, mas não era para ter esse intervalo alongado. Porém, a expectativa é de um impacto menor. O quanto antes for feita a segunda dose atrasada, melhor”, salienta o médico infectologista Evaldo Stanislaw.

 

Segundo lote de vacinas não atenderá a totalidade dos profissionais de Educação nesta segunda etapa.

Locais

Os trabalhadores da Educação terão que se dirigir a postos específicos para a vacinação.

Na sexta, a imunização ocorre, das 8h às 13h, nas policlínicas Vila Mathias (Rua Xavier Pinheiro,284), São Jorge/Caneleira (Av. Francisco Ferreira Canto, 351), Nova Cintra (Rua José Ozéas Barbosa s/nº) e Castelo (Rua Francisco de Barros Melo, 184).

Também terá vacinação para este público, das 8h às 16h, em três postos externos: na quadra da escola de samba União Imperial (Rua São Judas Tadeu, 20, Marapé), Clube Atlético Santa Cecilia (Rua Alfaia Rodrigues, 269, Aparecida) e Complexo Esportivo Rebouças (Praça Engenheiro José Rebouças s/nº, Ponta da Praia).

No sábado, das 9h às 15h30, a vacinação prossegue no posto externo do Clube Atlético Santa Cecília e nas policlínicas que abrem neste dia da semana: Bom Retiro (Rua João Fraccaroli s/nº), Vila Mathias e Nova Cintra.

No domingo, das 9h às 15h30, a vacinação prossegue na Policlínica Nova Cintra.

 

Documentos

Para ter acesso à vacina, os trabalhadores da Educação devem apresentar o cartão de vacinação constando a primeira dose, um comprovante de endereço profissional ou residencial em Santos, holerite (comprovando que trabalha no Município), CPF, documento com foto, além do QR Code enviado por e-mail, pelo governo do Estado, após a inscrição no site Vacina Já Educação.

LEIA TAMBÉM: