cidades

Projeto Biblioteca Cidadã leva serviços cartorários gratuitos ao Perequê

Os moradores do bairro Perequê terão acesso a serviços cartorários gratuitos. A iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (SEDUC), em…

14 de abril de 2009 - 12:00

Da Redação

Compartilhe

Os moradores do bairro Perequê terão acesso a serviços cartorários gratuitos. A iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (SEDUC), em parceria com o Cartório de Registro Civil de Guarujá, estará orientando a comunidade nos dias 22, 23 e 24 de abril, a partir das 9 horas. As atividades serão desenvolvidas no Centro de Aprendizagem Profissional e Cultural do Perequê (CAPCP).
 
O evento integra o Projeto Biblioteca Cidadã, que visa incentivar o hábito da leitura e levar cidadania para pessoas que não tenham documentos ou sua situação civil regularizada. O CAPCP está localizado na Capela Nossa senhora Aparecida, que fica na Rua 01, 160 – Jardim Cidamar.
 
No local, uma equipe do Cartório de Registro Civil cadastrará e encaminhará para aquisições de certidões de nascimento, registro de paternidade e orientação às gestantes, registros tardios (quem ainda não possuem o registro de nascimento), registro de paternidade responsável (inclusão do nome do pai no documento), casamentos (conversão de união estável, com orientação quanto à documentação necessária e os prazos exigidos por lei) e segunda via de registros.
 
De acordo com a secretária de Educação, Priscilla Bonini, nesta data a população será informada e orientada sobre seus direitos e procedimentos necessários para regularizar sua situação, sendo que os registros e outros procedimentos serão feitos posteriormente no cartório.
 
A ação poderá se estender a outros bairros da Cidade. Segundo o chefe da Divisão de Bibliotecas Municipais, professor Pedro Menezes do Nascimento, a intenção é levar o serviço também aos bairros Vila Baiana, Maré Mansa, Santa Cruz dos Navegantes, Vila Sapo, Vila Rã, Barreira do João Guarda, Vila Zilda e Vila Edna.
 
Biblioteca Cidadã – A iniciativa é da Secretaria Municipal da Educação de Guarujá e consiste em uma série de ações com três objetivos principais: dar conhecimento à população do acervo municipal, valorizar as bibliotecas, estimular a leitura e levar cidadania à população carente.
 
A primeira fase do projeto foi marcada com a abertura das bibliotecas Geraldo Ferraz (em Vicente de Carvalho) e Martins Fontes (no Centro de Guarujá), aos sábados, das 9 às 17 horas, e com o início, entre os funcionários da Prefeitura, vereadores, empresários e munícipes, de uma campanha de doação de livros. Além da Secretaria suprir as bibliotecas existentes com mobiliário, e com assinaturas de periódicos (jornais e revistas), possibilitando melhores condições de leitura, consulta e pesquisas para os usuários.
 
Nesta segunda fase, além dos serviços gratuitos prestados pelo cartório, haverá campanha de doações de livros nos bairros e conscientização nas escolas da importância do ato de ler e de doar livros.

LEIA TAMBÉM: