Investimentos

05 DE NOVEMBRO DE 2021

Governo de SP autoriza R$ 16 milhões do Retoma SP para Baixada Santista

Além de programas sociais, foram divulgadas a instalação de novos equipamentos estaduais na região, inclusive dois novos postos do Poupatempo para Mongaguá e Peruíbe

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Centro de Longevidade Ativa, nova unidade do Poupatempo e polo de empregabilidade inclusiva foram algumas das novidades que o Governo do Estado divulgou para  a Baixada Santista.

Assim, o vice-governador Rodrigo Garcia autorizou, nesta sexta-feira (5), a liberação de um total de R$ 16 milhões em recursos dos programas que compõem o Retoma SP, para aplicação específica na região.

Garcia também anunciou a instalação de novos equipamentos estaduais na região, sendo uma unidade do Polo de Empregabilidade Inclusiva (PEI) em Santos, um Centro de Longevidade Ativa em Cubatão e dois novos postos do Poupatempo para Mongaguá e Peruíbe.

“Estamos aqui na Baixada Santista lançando o Retoma-SP, com vários serviços de apoio à população mais vulnerável, como o Vale-Gás e o Bolsa Trabalho. Estamos fazendo também o lançamento de linhas de crédito do Banco do Povo e da Desenvolve-SP, além de cursos de qualificação, para ajudar os empreendedores que sofreram tanto na pandemia”, destacou Rodrigo Gracia.

“E ainda anúncios de equipamentos importantes aqui para a Baixada Santista, entre eles mais dois Poupatempos. Com isso, a Baixada será a única região do estado onde todas as cidades terão uma unidade do programa”, complementou.

Os recursos do Retoma SP, a serem transferidos por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, serão destinados a toda Região Administrativa da Baixada Santista.

Eles serão distribuídos especialmente entre os programas Bolsa do Povo Trabalho, Bolsa do Povo Empreendedor, disponibilização de microcrédito do Banco do Povo e vagas de qualificação no Empreenda Rápido.

Durante o evento, também foram entregues vouchers dos programas Bolsa Trabalho e Bolsa Empreendedor, vinculados ao Bolsa do Povo, além de um mutirão de entrega para 4 mil cartões do Vale Gás.

O Bolsa do Povo dispõe de 15 mil beneficiários na Baixada Santista.

Operacionalizado pela Prodesp, o Bolsa do Povo unifica ações estaduais de transferência de renda, simplificando o compartilhamento de informações e o repasse dos valores correspondentes aos beneficiários.

 

Serviços gratuitos

Ainda como parte das ações do Retoma SP, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico realiza hoje, na Praça Mauá, em Santos, um mutirão de serviços gratuitos.

Diversos estandes foram montados no local e os cidadãos tiveram acesso a vagas de emprego, microcrédito do Banco do Povo, crédito pelo DesenvolveSP, Empreenda Rápido e Empreenda Mulher, cursos de qualificação do Via Rápida, Bolsa do Povo (Bolsa Trabalho e Bolsa Empreendedor), serviços JUCESP (Junta Comercial do Estado de São Paulo) e do Sebrae-SP, além de mais de 150 serviços digitais do Poupatempo.

O Retoma SP é uma das maiores políticas de oferta de serviços já realizadas pelo Governo de São Paulo e tem o objetivo de auxiliar, principalmente, a população mais afetada pela pandemia.

O programa vem sendo promovido em todo o estado com ações de qualificação, emprego e renda, além de fomento a investimentos.

Na região da Baixada Santista, a iniciativa conta com a parceria da Prefeitura de Santos.

Retoma SP chega à Baixada Santista, com investimentos de R$ 16 milhões

Poupatempo

Com os anúncios realizados nesta sexta-feira, a Baixada Santista se torna a primeira região do Estado totalmente coberta com postos do Poupatempo.

Os futuros postos de atendimento, nos municípios de Mongaguá e Peruíbe, 91º e 92º autorizados pelo Estado, respectivamente, fazem parte do plano de expansão do programa, que prevê instalações mais compactas e com foco no digital.

As unidades contarão com sistema Balcão Único e atendentes multitarefa.

Cada uma delas terá investimento de R$ 160 mil pelo Estado, com capacidade para realizarem, juntas, cerca de 400 atendimentos por dia.

Os novos postos serão implantados por meio de convênios com as prefeituras que farão as indicações dos locais e infraestrutura dos imóveis.

A parceria permite ainda a inclusão de serviços municipais nos canais digitais do Poupatempo.

 

Santos e Cubatão

Em Santos, o Polo de Empregabilidade Inclusiva (PEI) será instalado por meio das secretarias de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Desenvolvimento Econômico.

Tem objetivo de promover o desenvolvimento profissional, a inclusão e a permanência de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

O atendimento do Polo de Empregabilidade Inclusiva da Baixada Santista tem previsão de início para maio de 2022 e os interessados já podem se cadastrar no site: www.empregoinclusivo.sp.gov.br.

O PEI integra o programa estadual Meu Emprego Inclusivo e a unidade de Santos atuará no formato híbrido com atendimentos presenciais e on-line a serem realizado pelo ITS (Instituto de Tecnologia Social).

Garcia também autorizou a instalação de um Centro de Longevidade Ativa (CLA) para a população 50+ em Cubatão.

O investimento estadual no novo equipamento será de R$ 850 mil, sendo R$ 700 mil para a construção da unidade e R$ 150 mil para a aquisição de equipamentos.

Iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado, o Centro de Longevidade Ativa será um espaço com serviços voltados ao acolhimento, atendimento e inclusão de pessoas com 50 anos ou mais em situação de vulnerabilidade social.

Além das atividades de convivência, haverá ainda ações que vão promover a geração de renda, novas carreiras e empreendedorismo entres os idosos, incluindo apoio à qualificação e formação, além de atividades envolvendo tecnologia.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.