Novo governo

Prefeito pede união de esforços e dará ‘olhar especial para quem mais precisa’

Prefeito enfatizou que dará atenção especial aos setores carentes da Cidade e anunciou ajuda para ambulantes e quiosqueiros da orla

01 de janeiro de 2021 - 23:22

Fernando De Maria

Compartilhe

Com vários momentos de emoção ao longo dos seus discursos na Câmara e na Prefeitura, o prefeito Rogério Santos (PSDB) afirmou que sua gestão terá o objetivo de governar para todos, “mas principalmente para quem mais precisa”.

Indagado pelo Boqnews sobre o  impacto do fim do auxílio emergencial ofertado pelo Governo Federal a partir deste ano, onde foram destinados R$ 233,3 milhões em 2020 às famílias mais carentes apenas em Santos, o novo prefeito revelou que uma das suas primeiras medidas será a de garantir um auxílio financeiro a ambulantes e quiosqueiros afetados pela pandemia, em especial em razão do fechamento da orla da praia durante 48 horas nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro.

Além disso, divulgará o projeto de Participação Direta nos Resultados (PDR), com 1.200 metas do seu governo, cujo acesso será disponibilizado ao público na página social da prefeitura na internet.

 

Telma de Souza (à esq). presidiu a sessão na Câmara, que empossou o prefeito Rogério Santos e a vice, Renata Bravo. Foto: Nando Santos

 

“Isso irá permitir que as pessoas acompanhem as ações públicas. E vamos também prestar contas à Câmara”, discorreu, enfatizando que a transparência também será uma das marcas da sua gestão.

Na Câmara, o prefeito destacou que atuará em todos os bairros de Santos.

Continuidade

“Não existe cidade pronta. Vamos continuar os projetos do prefeito Paulo Alexandre Barbosa”.

Isso é confirmado pelo fato da ampla maioria dos seus secretários nomeados ter ocupado o mesmo cargo no governo do seu antecessor.- ou de ter feito parte da administração.

Santos citou como metas a retirada de famílias de palafitas no Dique da Vila Gilda, nos morros e cortiços.

Ele salientou que uma das prioridades do seu governo será na geração de oportunidades de empregos e o enfrentamento da pandemia.

“Vamos estimular o desenvolvimento econômico e ampliar investimentos e frentes de trabalho”, salientou.

 

Maior participação do Legislativo

 

Presidida pela ex-prefeita Telma de Souza (PT) e vereadora mais votada na última legislatura, a sessão de posse no Legislativo mostrou que Rogério Santos nem sua vice, Renata Bravo, não encontrarão percalços para governar a cidade no início dos seus mandatos.

Afinal, 18 dos 21 vereadores fazem parte da sua bancada de apoio.

Telma sugeriu ao prefeito que a Câmara amplie a participação nas discussões das contrapartidas que a iniciativa privada tem oferecido à Cidade por meio dos Trimcs – Termos de Responsabilidade de Implantação de Medidas Mitigadoras.

“Há necessidade de uma atuação mais forte nas áreas mais carentes. Precisamos diminuir esta desigualdade, que é brutal e difícil. Saiba que estaremos junto para o que for melhor para os santistas”, destacou a ex-prefeita.

Apesar de partidos distintos, Telma e Santos são colegas de pós-graduação do curso de Saúde Pública da Universidade Católica de Santos.

Após a cerimônia, Santos seguiu para a prefeitura para a transmissão no cargo.

Na Câmara, os vereadores elegeram Adilson Jr (Progressistas) para presidência do Legislativo, cargo que ocupou no biênio 2017/18.

 

Posse também foi transmitida pelas redes sociais. Foto: Nando Santos

Prefeitura

Na solenidade de transmissão do cargo, o ex-prefeito Paulo Alexandre Barbosa se emocionou em várias ocasiões e relatou suas ações à frente da prefeitura de Santos, após 8 anos (2013-2020).

Foi aplaudido de pé pelos presentes.

“Saio com a consciência do dever cumprido e mais preparado para os próximos desafios”, salientou, deixando em aberto qual será seu destino político em 2022.

Santos salientou que dará continuidade às ações desenvolvidas pelo ex-prefeito que, por sua vez, enfatizou sua confiança no seu sucessor.

“Nada vai nos separar. Tenho certeza que Rogério Santos será um grande prefeito”, salientou Barbosa.

 

Participação feminina

 

A vice-prefeita, Renata Bravo, a segunda mulher a ocupar o cargo na história da Cidade, também fez um discurso emocionado e destacou sua bandeira no maior envolvimento das mulheres na política.

Enfatizou algumas ações que a Administração vai realizar: a criação do núcleo de Mulheres Empreendedoras e o Centro de Referência da Mulher, que reunirá segmentos nas áreas de saúde, social e outros.

 

 

LEIA TAMBÉM: