Santos promove atrações gratuitas para lembrar os 100 anos da Semana de 22 | Boqnews
Foto: Divulgação

Cultura

17 DE FEVEREIRO DE 2022

Santos promove atrações gratuitas para lembrar os 100 anos da Semana de 22

Mário de Andrade, Heitor Villa-Lobos, Cândido Portinari e Patrícia Galvão: nomes que serão lembrados no evento

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Três dias de programação gratuita reunindo muita música, cinema e literatura para comemorar o centenário de um evento ícone da cultura nacional.

Tudo isso vai acontecer, a partir desta quinta (17), às 19h30, no Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico), na abertura das comemorações dos 100 anos da Semana de Arte Moderna de 1922.

A noite de abertura vai contar com o ‘Cine Concerto’, composto e executado por Anselmo Mancini, acompanhado pela violinista Maria Emília Paredes.

Os músicos tocarão simultaneamente à exibição de trechos de filmes que marcaram o Cinema Novo.

Ainda como parte da noite de estreia, o professor Iury Cardoso abordará obras de Villa-Lobos e também falará a respeito dos novos métodos de educação musical. Na sequência, o Quarteto Caiçara sobe ao palco do Guarany para tocar canções de Villa-Lobos e Gilberto Mendes. Fazem parte do grupo os músicos Vinicius Mendes e Romulo Moreira nos violinos, Otávio Monteiro na viola, e Jeff Moura, violoncelo.

O cinema será o destaque da programação de sexta-feira (18), que terá início às 14h, com projeções de documentários sobre a obra de Cândido Portinari e Patrícia Galvão (Pagu), além de abordar outras histórias da Semana de Arte Moderna de 1922.

A partir das 18h30 vai rolar a exibição do filme Macunaíma, seguido de um bate-papo sobre o longa-metragem, às 20h45, com participações dos professores Marcia Okida e Edson Delmiro, tendo a também professora Raquel Pelegrini como mediadora.

Já no sábado (19), último dia do evento, a literatura será o destaque das atividades. Às 16h será realizada uma conversa sobre os autores da Semana de 22, com a participação dos jornalistas Manuel da Costa Pinto e Alessandro Atanes. A mediação será do livreiro José Luiz Tahan.

A partir das 19h acontece o bate-papo com o tema ‘1922 a Semana que Nunca Acabou’, mesmo título do livro do jornalista Marcos Augusto Gonçalves, que irá participar do painel ao lado do poeta Flávio Viegas Amoreira, tendo José Luiz Tahan como mediador.

Durante os três dias de programação, integrantes da equipe técnica da Escola de Artes Cênicas Wilson Geraldo farão leituras de poemas de alguns expoentes da Semana de Arte Moderna, tais como Guilherme de Almeida, Manuel Bandeira, Mário de Andrade, Menotti Del Picchia, Ribeiro Couto e Oswald de Andrade.

Conduzirão as leituras Bruno Galdino, ex-aluno e atual professor da EAC; Edmea Matheus, ex-aluna e atual produtora da EAC; Vanusa de Santis, professora da EAC, e Renata Zhaneta, diretora artística da EAC.

Conforme determinação da Portaria Municipal 18/2021 de 25/10/2021 será obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação completo para maiores de 12 anos na entrada do Teatro Guarany. Também será exigida a utilização da máscara durante todo o evento.

Programação

Quinta (17) – Abertura/Música

  • 19h30 – Cerimônia de abertura
  • 20h – Leitura de trechos literários de autores da Semana de 22
  • 20h10 – ‘Cine Concerto’, com os músicos Anselmo Mancini e Maria Emília Paredes e trecho de filmes do Cinema Novo
  • 20h30 – Leitura de trechos literários de autores da Semana de 22
  • 20h35 – Iury Cardoso – A importância de Villa-Lobos/novos métodos na educação musical
  • 21h – Leitura de trechos literários de autores da Semana de 22
  • 21h10 – Quarteto Caiçara toca Villa-Lobos e Gilberto Mendes

Sexta (18) – Audiovisual

  • 14h – Exibição dos curtas-metragens sobre a obra de Cândido Portinari; Patrícia Galvão (Pagu), além de histórias da Semana de Arte Moderna de 1922
  • 18h25 – Leitura de trechos literários de autores da Semana de 22
  • 18h30 – Cine Letras – exibição do filme Macunaíma
  • 20h45 – Leitura de trechos literários de autores da Semana de 22
  • 20h50 – Cine Letras – bate-papo sobre o filme Macunaíma, com Marcia Okida e Edson Delmiro, mediação Raquel Pelegrini

Sábado (19) – Literatura

  • 16h – Leitura de trechos literários de autores da Semana de 22
  • 16h10 – Bate-papo ‘Autores da Semana de 22’, com Manuel da Costa Pinto e Alessandro Atanes, mediação José Luiz Tahan.
  • 19h – Leitura de trechos literários de autores da Semana de 22
  • 19h10 – Bate-papo ‘1922, a Semana que Nunca Acabou’, com Marcos Augusto Gonçalves e Flávio Viegas Amoreira, mediação José Luiz Tahan.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.