Vacinação

Santos solicita ao Estado nova remessa de vacinas contra o sarampo

Previsão atual é que até sexta (13) doses contra sarampo, caxumba e rubéola se esgotem nas unidades

11 de setembro de 2019 - 09:11

Da Redação

Compartilhe

A Prefeitura de Santos enviou ofício ao governo estadual nesta terça-feira (10) solicitando nova remessa de doses da vacina contra sarampo, caxumba e rubéola (SCR).

O objetivo é reabastecer as 29 policlínicas e garantir novos bloqueios a partir de casos suspeitos e confirmados da doença.

Na segunda-feira (9), o Município recebeu do Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado apenas 1,2 mil doses da vacina. Entretanto, havia solicitado 12 mil doses (dez vezes mais).

Atualmente, em cada policlínica há, em média, 100 doses da vacina. Se não houver nova remessa, a previsão é de que, até sexta (13), as doses se esgotem nas unidades.

Nesta terça (10), o estoque terminou nas unidades do Embaré, Gonzaga, Piratininga e Caruara, as quais receberão doses remanescentes da Central de Imunização, na manhã de quarta (11).

Enquanto durarem os estoques, a vacinação continuará a ser aplicada nas policlínicas, de segunda a sexta, das 9h às 16h.

Atualmente, está em andamento a campanha voltada para bebês de seis meses a menores de um ano (dose D ou zero) e rotina do Calendário Nacional de Imunização, que prevê uma primeira aplicação aos 12 meses de vida e, a segunda, aos 15 meses.

Já as outras pessoas, devem observar nas carteiras de vacinação se consta o número de doses previsto.

Quem tem até 29 anos de idade deve ter tomado durante a vida duas doses; de 30 a 59 anos, pelo menos uma; acima de 60 anos, não precisa ter tomado pois já teve contato com o vírus.

LEIA TAMBÉM: