Saúde

Santos terá mais de 470 novos leitos para coronavírus na rede SUS

Município reforça vagas em leitos SUS

25 de março de 2020 - 09:24

Da Redação

Compartilhe

A Prefeitura de Santos abrirá mais de 470 novos leitos, entre Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para adultos e de enfermaria em equipamentos do SUS (Sistema Único de Saúde), hospitais filantrópicos e outras instituições hospitalares para enfrentar o novo coronavírus.

Até o momento, os equipamentos que contarão com novos leitos são: Complexo Hospitalar dos Estivadores, novo Ambulatório de Especialidades (Ambesp), Complexo Hospitalar da Zona Noroeste, Hospital de Pequeno Porte (HPP – que funciona na área do antigo PS Central), UPA Central, UPA Zona Leste, Beneficência Portuguesa, Santa Casa, Guilherme Álvaro, Afip Medicina Diagnóstica e Casa da Visão.

Do total de leitos, cerca de 390 são de enfermaria e 70 de UTI, sendo 15 deles já completamente equipados no nono andar do Complexo Hospitalar dos Estivadores, equipamento da Prefeitura mantido sob gestão compartilhada com o Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz, que já contava com 17 leitos de UTI para adultos. Outros cinco leitos do tipo aguardam os ventiladores mecânicos.

A partir de sexta-feira (27), também serão disponibilizados 60 novos leitos na Santa Casa. “O Estivadores está pronto para receber as pessoas que necessitarem, com leitos de UTI prontos com respiradores. Não estamos no pico da crise, mas temos estimativa de que os casos cresçam com a curva da doença. Estamos preparados para esse enfrentamento, com as forças mobilizadas para atender à demanda que teremos na rede pública. Conforme a demanda for crescendo, ampliaremos o atendimento”, afirmou o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, ressaltando que a Cidade terá apoio da iniciativa privada.

Leitos Atuais

Atualmente, Santos conta com 263 leitos de UTI. Com os novos, o Município passará a ter cerca de 340 para atendimento intensivo. Já de enfermaria, com as novas implementações, serão, ao todo, mais de 2.100. De acordo com a Secretaria de Saúde (SMS), os novos leitos da Beneficência Portuguesa também já estão equipados para uso.

Upa Central, Novo Ambesp e UPA Zona Leste

A UPA Central terá um Centro de Referência com a disponibilização de dois pavimentos superiores, não utilizados no momento, para os novos leitos. O novo Ambulatório de Especialidades (Ambesp) Dr. Nelson Teixeira, aberto nesta segunda-feira (23), na Rua Manoel Tourinho, 395, será, temporariamente, também utilizado para suporte à internação de pacientes.

Os atendimentos e procedimentos eletivos (agendados, não urgentes) estão suspensos conforme recomendação do Governo Estadual para enfrentamento da pandemia. “Iniciamos o novo Ambesp com essa visão de apoio de leitos para internação. A UPA Zona Leste, prevista para ser inaugurada em abril, também contará com UTI estruturada para internação de pacientes com coronavírus”, disse o secretário de Saúde, Fábio Ferraz.

LEIA TAMBÉM: