São Paulo

Taxa de ocupação de UTI em SP ultrapassa 70%

Governo anuncia que haverá mudanças no Plano São Paulo

20 de janeiro de 2021 - 15:49

Elaine Patricia Cruz

Agência Brasil

Compartilhe

A ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) em todo o estado de São Paulo chegou a 70%; maior taxa registrada desde o início do ano. No dia 5 de janeiro, estava em 62,5%, o que indica que as internações vêm crescendo em um ritmo muito forte.

Os leitos de UTI de todo o estado estão sendo ocupados, neste momento, por 6.053 pessoas. Por causa desse aumento na taxa de ocupação, o governo paulista anunciou que fará uma nova reclassificação do Plano São Paulo na sexta-feira (22).

A expectativa é que mais regiões do estado regridam de fases.

Será a terceira vez, somente neste mês, que o governo paulista promove a reclassificação no Plano São Paulo. A primeira ocorreu no dia 8 de janeiro e a expectativa do governo era de que a próxima fosse feita somente no dia 5 de fevereiro. Mas com o crescimento rápido da contaminação, o governo acabou fazendo uma nova reclassificação no plano na sexta-feira (15).

O Plano São Paulo é dividido em cinco fases, que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais. vermelho, a etapas identificadas como de controle, a laranja; de flexibilização, amarelo; de abertura parcial, a verde, e a normal controlado, azul.

O plano divide o estado em 17 regiões e cada uma delas é classificada em uma fase do plano, dependendo de fatores como a capacidade do sistema de saúde e a evolução da pandemia.

São Paulo ultrapassou a marca de 50 mil mortes provocadas pelo novo coronavírus (covid-19), somando nesta quarta-feira (20) 1.658.636 casos.

A média móvel dos últimos sete dias está em 11.645 casos por dia, aumento de 7% em relação à semana anterior.

LEIA TAMBÉM: