cidades

Telma protesta pelo reajuste salarial de professores de ETECS e FATECS

Em apoio aos professores e estudantes das escolas técnicas e profissionalizantes paulistas (ETECs e FATECs), a deputada estadual Telma de…

06 de junho de 2011 - 15:57

Da Redação

Compartilhe

Em apoio aos professores e estudantes das escolas técnicas e profissionalizantes paulistas (ETECs e FATECs), a deputada estadual Telma de Souza (PT-SP) participou de um manifesto em prol do reajuste salarial da categoria, nesta sexta-feira (3), na Praça da Independência, em Santos. Para a parlamentar, o “movimento é extremante justo, pois os profissionais além do baixo salário, não são contemplados com infraestrutura e condições pedagógicas”.


Cerca de 100 manifestantes promoveram uma caminhada, partindo da Praça das Bandeiras em direção à Praça da Independência, no Gonzaga. Profissionais e funcionários estão em greve desde o dia 13 de maio.


Munidos com faixas, apitos e carro de som, os manifestantes reclamavam os baixos salários, de R$10,00 a hora/aula nas ETECs e R$ 18,50 nas FATECs, além do vale refeição no valor de R$4,00, apelidado de vale-coxinha. “Há mais de cinco anos não temos reajuste. O Governo de São Paulo está promovendo o nosso sucateamento em todos os sentidos. Não estamos pedindo aumento, mas, sim, reajuste”, disse o professor Waldemar Tavares Júnior.


Sensibilizada, Telma, que é professora ofereceu seu mandato e sua capacidade de luta. “Os alunos, nossos jovens, precisam ter a oportunidade de se prepararem para o desenvolvimento que vem com a cadeia produtiva de petróleo e gás. Há dez anos já alertava sobre esta realidade. Fui desacreditada e os nossos governantes não organizaram a região para esse fato. Este não é o primeiro e nem o último movimento que fazemos. Estamos juntos”, disse Telma.


Recentemente, a parlamentar esteve com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o alertou sobre os efeitos da greve. Telma também questionou por meio de requerimento, apresentado na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, sobre questões que dizem respeito à valorização da carreira dos professores e demais funcionários das ETECs e FATECs.

LEIA TAMBÉM: