Dez do Manduca
Armando Gomes

Jornalista e apresentador do programa Esporte por Esporte

Clássico importante

O colunista Armando Gomes destaca o clássico entre Santos e Palmeiras nesta terça, no Allianz Parque, na Capital.

09 de julho de 2016 - 14:20

Compartilhe

O jogo Santos FC e Palmeiras nesta terça-feira, 20h30, pelo Campeonato Brasileiro é uma partida importante para os anseios de ambos os clubes. Quem vencer dá um passo importante para se consolidar no G-4 e também como um dos prováveis times com chance do título de 2016. Esperamos que o Santos jogue com seu DNA e busque o resultado que é essencial para o fim de jejum de 12 anos sem o principal título nacional.

2-Na expectativa
A torcida do Santos FC está na expectativa que o técnico Cuca escale os jogadores Edu Dracena e Arouca para enfrentar o Santos FC. A revolta de boa parte da torcida com estes dois jogadores, que não saíram pela porta da frente do clube, é alta, em que pese Dracena não ter ido para a Justiça como Arouca.

3-Saídas
Muitas saídas de atletas pouco aproveitados pelo Santos FC nos últimos dias. Maxi Rolón, contratado à revelia de Dorival Júnior que teve oportunidade em cinco jogos e nenhum como titular, foi um deles. Deveria ter mais chances. O meia Serginho foi emprestado ao Vitória da Bahia. Já o zagueiro Paulo Ricardo vai também por empréstimo ao Sion, da Suíça. O meia Ronaldo Mendes foi vendido para o Al Wasl, dos Emirados Árabes.

4- Chegadas
O zagueiro argentino Fabian Noguera, do Banfield, da Argentina, se apresentou e já treina com o time. A expectativa é grande por este zagueiro de apenas 23 anos e muito potencial. Chegou querendo fazer 30% do que o Ramos Delgado fez pelo Santos FC. Uma excelente referência.

5- Alex
As chances do retorno do zagueiro Alex, bicampeão brasileiro pelo Santos FC em 2002 e 2004, diminuíram. Ele não aceitou a proposta de R$ 200 mil por mês feita pela diretoria do Santos. Quer receber R$ 300 mil, fora luvas e comissão ao empresário que o Santos FC não paga devido ao Conselho Fiscal que agora, por aparente revanchismo político, estão condenando o pagamento de comissões à ilegalidade. Pena que não fez isso em gestões passadas. É o que eu sempre digo. Cuidado com o leite que tomas. Pode ser veneno.

6-União alvinegra
Em almoço petit-comitê intermediado pelo ex-presidente Marcelo Teixeira, o presidente do Santos FC, Modesto Roma Júnior e o candidato derrotado no último pleito, ficando na segunda colocação, José Carlos Peres, selaram acordo de paz. Peres irá cuidar profissionalmente do marketing internacional do clube a partir deste mês. Uma parceria e união de grandes alvinegros. Uma bola dentro!

7- Entendimento
Marcelo Teixeira em conversa com este colunista explicou o que pensou ao promover a união Modesto Roma e José Carlos Peres: “Modesto e Peres tiveram funções fundamentais em minha Administração, poderão juntos, mais uma vez, contribuir com a atual gestão. Entendo que o Peres exercerá um papel fundamental para dar continuidade aos projetos e alavancar os negócios e propostas do Modesto, pelas experiências e capacidades de ambos os alvinegros aumentando as opções em programas de acordo com os objetivos traçados. Quem ganhará com a união dos alvinegros é o clube, até porque reunimos os dois últimos candidatos que obtiveram os melhores índices de aprovações nas urnas por parte da vontade do quadro associativo”.

8-Despedida de Léo
Santos FC e Benfica discutem amistoso na Vila Belmiro para o próximo dia 12 de outubro. A ideia é um jogo em homenagem ao estádio que completa 100 anos na data e marcar a despedida em campo do lateral esquerdo Léo, que jogou pelos dois clubes.

9- Caminhão
Leandro Damião deve chegar ao Flamengo. O atacante deve assinar em breve um contrato de um ano com o Rubro-Negro. Ele tem ainda um ano para escolher onde jogar sem que o Santos FC pague seu salário por acordo feito na Justiça do Trabalho, uma vitória do competente advogado Marcus Vinicius Lourenço Gomes. Depois, o vínculo retorna ao clube.

10- Gabigol
Modesto Roma acertou a renovação de Gabigol até 2021. Sem a papagaiada de projeto de carreira e altos salários. Apenas acrescentou algumas premiações. O que vale é que, ao contrário de Neymar, o contrato de Gabriel foi aumentado. E ambos disseram não ao Chelsea. Quem é melhor diante disso, Modesto ou Laor?

#DeusExiste