Opiniões

22 DE MAIO DE 2021

Em polvorosa

Por: Jairo Sergio de Abreu

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A nomeação da comissão provisória do PSB santista, tendo à frente o advogado Fábio Figueiredo Lopez, está agitando o partido. De um lado está o grupo ligado à deputada federal Rosana Valle. De outro, 76 filiados que integram o núcleo PSB autêntico.

Em polvorosa II

Não bastasse a nomeação da nova chapa provisória, a gota d’água, segundo os peesebistas da velha guarda, foi a posição da parlamentar a respeito da votação sobre o projeto de lei aprovado na Câmara, na semana passada, sobre a flexibilização do licenciamento ambiental e sua aproximação com o governo Bolsonaro. Como resposta, em artigo em A Tribuna, a deputada defendeu as razões do seu voto.

Em polvorosa III

Furtado é reeleito presidente do PSB

Nas redes sociais, o vereador e ex-presidente da legenda em Santos, Benedito Furtado, publicou um texto com o sugestivo título O gado e o Rio, provocando frisson entre os membros do partido. Outro também que fez severas críticas foi o ex-vereador e presidente do Jabaquara, Adelino Rodrigues, durante participação no programa Jornal Enfoque-Manhã de Notícias.

Defesa

Já o deputado Caio França defendeu a parlamentar, elogiando-a e classificando-a com parceira, dizendo que convidou todos os membros da agremiação e tudo foi feito de forma democrática. “Não houve intervenção, mas o mandato (do Furtado) se encerrou”, explicou.

Preparando o terreno

A comissão provisória terá a missão de preparar a convenção municipal, prevista para o segundo semestre – o que delineará os rumos do partido para as eleições de 2022.

Chegando?

Durante o programa Jornal Enfoque, Caio confirmou que o ex-governador Geraldo Alckmin tende a sair do PSDB. O PSB ou o PSD devem o acolher. Se isso se confirmar, poderá estar de volta a dobrada Alckmin/Márcio França para o governo do Estado em 2022, a mesma de 2015/18.

Prazo para reflexão

90 dias. Este é o prazo que o ex-prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB), definiu que terá para decidir se será ou não candidato a algum cargo – inclusive governador – no próximo ano. O político tem recebido vários convites para mudar de legenda, fato aliás que deverá ocorrer.

Longa espera

Enquanto a região sofre com a falta de empregos, o projeto Andaraguá, complexo empresarial de logística e implantação de um aeroporto de cargas, em Praia Grande, corre o sério risco de não sair do papel. A despeito da autorização da Cetesb, Ibama e outros órgãos, o Ministério Público vê irregularidades no uso da área. Cabe a um desembargador decidir se o empreendimento sairá ou não do papel. Ou seja, está nas mãos de uma única pessoa se a região terá ou não 15 mil novos empregos e se transformar em um polo de logística. Cadê nossos políticos?

Sempre no vermelho

Como de costume, a Cohab Santista, que tem a Prefeitura de Santos como sua maior acionista, fechou 2020 com um prejuízo de R$ 53,3 milhões. Assim, o déficit acumulado chega a R$ 682,8 milhões – alta de 8,4%. A situação poderia ser amenizada se o empreguismo reinante desaparecesse. Só em despesas de pessoal, a Cohab gastou R$ 13,2 milhões – fora encargos, R$ 600 mil a mais que no ano anterior.

Baixar ISS

O Sindicato dos Operadores Portuários – Sopesp tem feito sucessivos pedidos à Prefeitura para que reveja a atual alíquota de ISS para as operações portuárias, hoje em 5%.

Quem Responde?

Até quando…

veremos abusos cometidos em praças públicas e bares, que funcionam além do expediente, com concentração de pessoas?

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.