Na contramão | Boqnews
Foto: Sérgio Furtado/Imagens Aéreas

Opiniões

25 DE FEVEREIRO DE 2022

Na contramão

Por: Jairo Sergio de Abreu

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Ao contrário da onda liberal que prevê a privatização de serviços públicos, como no caso da transferência da autoridade portuária, atual SPA (ex-Codesp), para a iniciativa privada, o engenheiro e economista, com larga experiência no setor portuário, Frederico Bussinger tem uma visão bem distinta.

Negócio da China

Usando números e argumentos sólidos, Bussinger derruba conceitos dos que defendem a desestatização do Porto de Santos. “Eu inicialmente era cético que alguém iria se interessar em ser operador portuário. Agora, eu estou convencido que é um grande negócio, pois existirão muitos interessados”, destacou o profissional, que participou do Jornal Enfoque – Manhã de Notícias de sexta (25). O programa pode ser conferido nas redes sociais do Boqnews.

Inventar a roda

Bussinger enfatiza que todos os portos do mundo, com raras exceções, como na Austrália, permanecem administrados pelo Poder Público. “Isso ocorre nos Estados Unidos, na China, na Europa e até na África”, ressaltou.

Modelo ‘tipo’ australiano

Aliás, quando começaram a surgir as críticas em relação ao modelo australiano de operação portuária, que serviu de inspiração à proposta ao cais santista, o discurso do governo teria mudado. “Passaram a falar que era um modelo ‘tipo australiano’. É como o queijo tipo italiano, mas ele não é italiano”. Bussinger defende o modelo Landlord, descentralizado e público, algo que ocorre há séculos em todo o mundo. Mas querem mudar aqui

Apoio

Uma das fundadoras do PT, a ex-prefeita e vereadora Telma de Souza apoia a eventual dobrada entre o ex-presidente Lula e o ex-governador Geraldo Alckmin, pois um agrega apoio ao outro.

Precisa agregar

Por sua vez, ela se mostra receosa em uma eventual chapa ao governo paulista entre o ex-ministro Fernando Haddad, tendo como vice o filho do ex-governador Marcio França, o deputado Caio França, do PSB, conforme divulgada pela Imprensa. Ela defende que o vice tenha um viés ideológico mais ao centro-direita para agregar votos

De olho

Em meio às discussões sobre o reajuste do funcionalismo, os sindicatos acreditam que há espaço para pedirem aumento aos servidores. No ano passado, o índice chegou a 42,62% das receitas.

No azul

O caixa da prefeitura fechou com alta de 11,6% do previsto, graças à elevação, em especial, do ISS, que superou quase R$ 100 milhões.

No vermelho

Por sua vez, a dívida consolidada líquida aumentou R$ 63,1 milhões em um ano atingindo R$ 586,6 milhões – 20,08% das receitas municipais – longe dos 120% de teto máximo, mas praticamente o dobro que era em um passado recente.

Licença

Após o polêmico post publicado em suas redes sociais, que ganhou ampla repercussão, o conselheiro tutelar André Alves pediu licença por um mês de suas atividades, conforme publicado no Diário Oficial.

Boquinha

A Câmara abriu edital para instalação de uma lanchonete ou similar em área de 25,5 m2 no andar térreo do local, pelo tempo de 5 anos.

Relações estremecidas

Já foram melhores as relações entre os vereadores Sérgio Santana (PL) e Zequinha Teixeira (PP).

Quem Responde?

Quantos…
pré-candidatos mudarão de partidos nesta reta final do prazo legal para mudança partidária?

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.