No limite | Boqnews
Foto: Divulgação

Opiniões

06 DE MARÇO DE 2022

No limite

Por: Jairo Sergio de Abreu

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

10,06% é o máximo que a Prefeitura vai repassar para os servidores, a despeito dos sindicatos quererem um índice bem superior em razão do acúmulo da inflação dos últimos três anos. O prefeito Rogério Santos diz que o percentual é o limite suportado pelos cofres municipais.

De olho I

Santos, que participou do Jornal Enfoque – Manhã de Notícias na quinta (3), diz que os técnicos de Finanças da prefeitura acompanham o cenário financeiro em razão da guerra Rússia-Ucrânia, que não tem perspectivas de arrefecer.

De olho II

E isso deve provocar impactos, como alta inflacionária, e também na movimentação de cargas pelo Porto de Santos. Afinal, o ISS, maior fonte de arrecadação aos cofres municipais, tem no
Porto de Santos seu maior contribuinte. Caso a guerra se prolongue, os impactos no comércio exterior serão inevitáveis.

Duas opções

Santos também salientou que defende tanto a ponte como túnel na ligação entre Santos e Guarujá, pois ambas as obras têm objetivos distintos.

Tergiversou

No entanto, em relação a permanência ou não no PSDB, o prefeito tergiversou. Disse apenas que foi eleito pela Cidade e não pelo partido. Santos tem como padrinho político o ex-prefeito Paulo Alexandre, pré-candidato a deputado federal e próximo ao ex–governador Geraldo Alckmin, que já deixou o PSDB.

Contagem regressiva

Paulo Alexandre tem até o início de abril para bater o martelo sobre se permanecerá ou não no ninho tucano para concorrer às eleições de outubro. E claro, a eventual permanência ou saída do prefeito dependerá do caminho escolhido pelo ex-prefeito. A conferir.

Alerta

Um dos maiores especialistas no setor portuário, o engenheiro Frederico Bussinger alerta para um fato que pode ser um problema na futura construção do túnel entre Santos-ilha e continente. Afinal, com a alteração do PDZ – Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do Porto de Santos pela SPA (ex-Codesp), a obra, defendida pelo Governo do Estado, passaria pela área expandida. Sem dúvida, um complicador a mais neste imbróglio, que se arrasta há décadas.

Sem atendimento presencial

Apesar das eleições ocorrerem em sete meses, o atendimento presencial nos cartórios eleitorais não está ocorrendo. Servidores se revezam com atendimento por telefone ou online, enquanto outros atuam em home office.

Nem por telefone

O colunista ligou para os três cartórios eleitorais de Santos. Em dois, das ZEs 118 e 273, foi atendido por funcionárias. Porém, ninguém atendeu nos três números telefônicos do cartório da ZE 272. Inclusive na página do serviço público no Goo- gle, consta a informação ‘Fechado temporariamente’. Impressionante…

Robinho

Com larga experiência na área criminal, inclusive no exterior, o advogado, ex-deputado federal e professor Vicente Cascione é categórico ao afirmar que Robinho (ex-Milan
e Santos FC) foi condenado por estupro na Itália por ser ‘jogador de futebol famoso, brasileiro e preto’. Ele participou do Jornal Enfoque de sexta (4), onde falou também sobre eleições, eventual chapa Lula e Alckmin, entre outros temas.

Quem Responde?

Por que…
alguns episódios políticos – bem estranhos, aliás – costumam ocorrer em Guarujá?

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.