Apesar de convites, ex-prefeito Paulo Alexandre Barbosa permanecerá no PSDB | Boqnews
Foto: Rom Santa Rosa

Eleições 2022

01 DE ABRIL DE 2022

Apesar de convites, ex-prefeito Paulo Alexandre Barbosa permanecerá no PSDB

Após convites para mudar de partido, Paulo Alexandre resolveu permanecer no PSDB e deve disputar vaga à Câmara Federal

Por: Fernando De Maria

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A despeito dos convites feitos por diversos partidos, o ex-prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, permanecerá no PSDB.

Ele analisou propostas de diversas legendas, como PL e PSD, mas acabou optando em permanecer no ninho tucano.

No PSD, o presidente da legenda, Gilberto Kassab, chegou a afirmar à Imprensa que via em Paulo Barbosa um nome forte para concorrer ao governo do Estado pela legenda.

Barbosa será pré-candidato a deputado federal.

O ex-prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, permanece no PSDB e deve sair candidato a deputado federal. Foto: Rom Santa Rosa-Arquivo

Mais próximo do atual governador Rodrigo Garcia que do seu antecessor João Doria, sua permanência no partido – único desde que entrou na política – o fortalece dentro da legenda para a disputa a uma vaga na Câmara Federal.

Segundo fontes ouvidas pelo Boqnews, a opção pela permanência no PSDB é uma forma de se distanciar dos dois nomes que lideram as pesquisas à presidência: Lula e Bolsonaro.

Além disso, sua decisão o afasta do ex-governador Geraldo Alckmin, seu padrinho político, principalmente após sua entrada no PSB e aproximação com o ex-presidente Lula (PT).

Alckmin será o vice de Lula.

Afinal, Barbosa não gostaria de ver sua imagem associada ao Partido dos Trabalhadores, seu principal oponente na Cidade.

Nem com Jair Bolsonaro.

Com a decisão, o prefeito de Santos, Rogério Santos, afilhado político de Barbosa, sente-se mais aliviado, pois uma eventual alteração não o obrigaria a mudar de partido.

Além disso, manteria a boa convivência com o governo paulista – pelo menos até o final do ano.

Santos sempre falou que, independente de partido, buscaria o melhor para Cidade.

Rosana Valle no PL

Não bastasse, a saída de Rosana Valle do PSB rumo ao PL, com a real possibilidade dela ser vice do ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas abriria mais espaço entre os pré-candidatos à Câmara Federal.

Freitas, que está no Republicanos, fez questão de comparecer ao ato de filiação da parlamentar hoje pela manhã.

Um observador político ressaltou que isso representaria um sinal real desta aproximação para uma futura aliança.

O PL, aliás, não tem nomes fortes para indicar como vice de Freitas, conforme acordo da legenda em São Paulo.

A chegada de Rosana ao partido seria, portanto, uma real opção.

A deputada Rosana Valle acertou a entrada ao PL. Hoje pela manhã, ela se encontrou com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que será candidato ao governo paulista pelo Republicanos. Dobrada à vista? Foto: Divulgação

Outros nomes

Além disso, outros nomes de peso da região serão candidatos à Câmara Federal: em Praia Grande, o ex-prefeito Alberto Mourão deixou o PSDB e migrou para o MDB de olho em uma vaga, na tentativa de retornar a Brasília.

Assim, em Guarujá, o ex-prefeito Farid Madi volta à cena política e será candidato também à Câmara Federal pelo Podemos.

Não bastasse, com a chegada de Sergio Moro ao União Brasil pelas mãos do vice-presidente da legenda no estado, deputado Jr. Bozzella, o partido também deve ganhar maior envergadura e cadeiras, facilitando a reeleição do parlamentar com base em São Vicente.

Dobrada PSDB?

Portanto, com a permanência de Barbosa no PSDB, há uma real possibilidade de ocorrer uma dobrada do partido com dois ex-prefeitos da Cidade.

Ou seja, Barbosa à Câmara Federal e João Paulo Tavares Papa à Assembleia Legislativa

Pelo menos é o que aposta o vereador e uma das lideranças do PSDB em Santos e região, o vereador Carlos Teixeira Filho, o Cacá.

Durante o Jornal Enfoque – Manhã de Notícias em março, ele apostou nesta possibilidade.

Assim, a última vez que o PSDB santista lançou candidatos para os dois cargos foi na eleição de 2014, com João Paulo Papa a federal e Sadao Nakai, estadual.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.