Foto: Wander Roberto/COB

Esportes

03 DE AGOSTO DE 2021

Abner fatura 1º bronze no boxe; Bia vence e avança à semi em Tóquio

Wanderson de Oliveira cai nas quartas para cubano Andy Cruz

Por: Agência Brasil

O boxe brasileiro conquistou na manhã desta terça-feira (4) uma medalha de bronze na  Olimpíada de Tóquio (Japão) com Abner Teixeira (91 quilos) e assegurou outra, antecipadamente, com a peso leve Bia Ferreira, única que venceu nesta terça-feira (3), na Arena Kokugikan, na capital japonesa.

Favorita ao ouro, a campeã mundial avançou às semifinais na categria até 63 kg. Como na modalidade não há disputa de terceiro lugar, quem ganha nas quartas já garante o bronze.

O país tem ainda um terceiro bronze encaminhado com Hebert Conceição (75 kg) que disputa a semi na quinta (5), às 3h (horário de Brasília).

Primeiro brasileiro a chegar à semifinais do boxe nos Jogos de Tóquio, o peso-pesado Abner Teixeira, de 24 anos, ficou com o bronze após ser superado por 4 a 1, em decisão dos juízes, pelo experiente cubano Julio La Cruz, tetracampeão mundial amador e ouro na Rio 2016.

A primeira a entrar no ringue na madrugada desta terça (3) foi a campeã mundial Bia Ferreira, que se classificou  à semifinal na categoria até 60 kg, após atropelar a uzbeque  Raykhona Kodirova, com vitória unânime dos juízes (5 a 0). Favorita ao ouro, a baiana terá pela frente na semi a finlandesa Mira Potkonen. O duelo está programado para às 2h (horário de Brasília) de quinta-feira (5).

O peso-leve Wanderson Oliveira, conhecido com Sugar, se despediu dos Jogos nesta terça (3), ao perder nas quartas de final, por 4 a 1, para o cubano Andy Cruz, bicampeão mundial.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.