Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Futebol

04 DE JUNHO DE 2019

Façam suas apostas para a Copa América 2019

A seleção brasileira vai em busca da sua 9ª taça na competição. A estreia será contra a Bolívia. Integram o grupo Venezuela e Peru.

Por: Da Assessoria

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Menos de duas semanas.

No dia 14 de junho, a Seleção Brasileira entra em campo em busca de nova taça.

Façam suas apostas para a Copa América 2019: quem vai ficar com o título?

 

Seleção brasileira vai em busca de mais um título. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Brasil

A Seleção Brasileira vai para o torneio em busca da sua 9ª taça da competição.

Além disso, a equipe comandada por Tite tenta encerrar um incômodo jejum: nas últimas três edições, a equipe não chegou sequer às semifinais do torneio.

Assim, a última vez que a taça veio foi em 2007, quando a Seleção derrotou a Argentina, por 3 a 0, na grande decisão.

Além disso, o retrospecto conta a favor da Seleção Canarinho: das outras quatro vezes que sediou o torneio, em todas, a taça veio no final: 1919, 1922, 1949 e 1989.

Ou seja, o grupo do Brasil, além da Bolívia, adversário da estreia, ainda tem a presença das seleções da Venezuela e do Peru.

 

Chile

 

O Chile tentará a sua terceira taça da competição, que viria de forma consecutiva.

Nas últimas duas edições, 2015 e 2016, a Seleção Chilena conquistou as suas primeiras.

Para isso, precisará quebrar um longo jejum, desde a década de 40, uma Seleção não conquista por três vezes consecutivas a competição, quando a Argentina aproveitou as três edições em três anos e acumulou taças: 45, 46 e 47.

 

Argentina

 

Os Hermanos, comandados por Lionel Messi, são os segundos mais vitoriosos no torneio, com 14 taças acumuladas.

O jejum, todavia, é tão extenso quanto o número de títulos: a Seleção Argentina não vence a competição desde 1993..

Na ocasião,  bateu o México na final.

Depois disso, a equipe chegou na decisão em quatro ocasiões, mas acumulou vices: duas vezes para o Brasil e duas vezes para o Chile.

 

Uruguai

 

Falando dos maiores campeões do torneio, o Uruguai tentará nada menos do que a sua 16ª taça.

A última veio em 2011, quando a equipe de Suárez, Forlan e cia, bateu o Paraguai por 3 a 0 na grande decisão.

O torneio ainda conta com outros quatro campeões.

São eles: Bolívia (campeã em 1963), Colômbia (campeã em 2001), Paraguai (1953 e 1979) e Peru (1939 e 1975).

Entre os que nunca levantaram a taça, participam o Equador e a Venezuela, além de dois convidados: Japão e Qatar.

A edição de 2019, aliás, não será a de estreia para a seleção japonesa.

Em 1999, os Samurais Azuis caíram na primeira fase do torneio, com apenas um ponto em três jogos disputados (empate por 1 a 1 contra a Bolívia).

 

Gosta de superstição?

O Brasil conquistou aquela edição do torneio, não encontrando dificuldades para derrotar o Uruguai na decisão: 3 a 0, com dois gols de Rivaldo e um de Ronaldo.

Serão seis sedes na edição 2019 do torneio: o Maracanã, no Rio de Janeiro, que sediará inclusive a final.

Em São Paulo ocorrerão jogos no Morumbi e na Arena Corinthians.

Salvador marca presença com a Arena Fonte Nova.

Porto Alegre com a Arena do Grêmio e Belo Horizonte com o Mineirão.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.