Foto: Divulgação

Campeonato Brasileiro

17 DE OUTUBRO DE 2014

Com segundo turno semelhante, Palmeiras e Santos jogam no Pacaembu

As duas equipes têm campanhas iguais no segundo turno do Brasileirão: em nove jogos foram cinco vitórias, um empate e três derrotas, somando 16 pontos

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Santos e Palmeiras protagonizam o clássico da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 16 horas deste domingo (19), no Pacaembu, em momentos de ascensão. As duas equipes têm campanhas iguais no segundo turno do Brasileirão: em nove jogos foram cinco vitórias, um empate e três derrotas, somando 16 pontos. Estes resultados colocam ambas com as melhores campanhas do returno, atrás apenas do Atlético-MG, que somou um ponto a mais com a mesma quantidade de jogos.

Levando em consideração o retrospecto recente, os santistas saem na frente. Neste ano, as equipes se enfrentaram duas vezes, ambas na Vila Belmiro, uma pelo Paulistão e outra, no primeiro turno. E o Peixe venceu as partidas: 2 x 1 e 2 x 0, respectivamente. Aliás, o Alvinegro é o clube paulista com o melhor retrospecto diante dos seus principais rivais em 2014: 55% de aproveitamento, com três vitórias, um empate e duas derrotas.

Já o Verdão busca sua primeira vitória em clássicos desde a chegada do técnico Dorival Júnior. Animado com a subida de produção nas últimas partidas (vitórias diante de Chapecoense, Botafogo e Grêmio), o treinador acredita que pode engatar a quarta conquista seguida e se distanciar ainda mais da zona do rebaixamento. Em 2014, o Alviverde venceu apenas um clássico: no Paulistão, 2 x 0 sobre o São Paulo. De lá para cá, foram cinco jogos com quatro derrotas e um empate.

Escalações
Depois da vitória por 5 a 0 diante do Botafogo (RJ) pela Copa do Brasil, na quinta-feira (16), o Santos terá pouco tempo para descansar. Robinho, que voltou dos amistosos da Seleção, não jogou por estar suspenso, mas é presença garantida no clássico. Gabriel também deve permanecer no time titular.

Nos lados da Academia de Futebol, o esquema 4-4-2 se fortaleceu. Os retornos de Fernando Prass, Wesley e Valdívia – que atuarão no clássico – foram fundamentais para firmar o crescimento nas últimas rodadas.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.