Futuro de paulistas pode ser traçado neste domingo | Boqnews

Esportes

28 DE NOVEMBRO DE 2008

Futuro de paulistas pode ser traçado neste domingo

Com a conclusão desta próxima rodada, a de número 37, faltará apenas uma partida para o término do Campeonato Brasileiro. No entanto, o futuro dos times paulistas pode ser sacramentado já neste domingo, em jogos a ocorrer às 17 horas, dependendo dos desdobramentos dos resultados. Dois times poderão comemorar; um, respirar aliviado; e o outro, […]

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Com a conclusão desta próxima rodada, a de número 37, faltará apenas uma partida para o término do Campeonato Brasileiro. No entanto, o futuro dos times paulistas pode ser sacramentado já neste domingo, em jogos a ocorrer às 17 horas, dependendo dos desdobramentos dos resultados. Dois times poderão comemorar; um, respirar aliviado; e o outro, sofrer com o rebaixamento.


A maior comemoração pode ser a do São Paulo, que, mais líder do que nunca, com 71 pontos, recebe o Fluminense, no Morumbi. Uma vitória simples dá, com uma rodada de antecipação, o terceiro título consecutivo ao Tricolor e o sexto na história, fazendo com que o time paulistano seja o maior vencedor do Brasileirão desde 1971. Os cariocas, na 13ª posição com 43 pontos, por sua vez, precisam de um ponto apenas para assegurar a permanência na Série A e, conforme já declarou o técnico Renê Simões, o time das Laranjeiras vai à busca da vitória para não deixar dúvidas, e, de quebra, sonhar com vaga na Sul-Americana.


A outra equipe que pode comemorar é o Palmeiras, 4º colocado com 64 pontos, que vai a Bahia enfrentar o Vitória. O perigo é claro, já que o Rubro-Negro de Salvador, 10º com 48 pontos, na rodada passada, goleou o favorito Grêmio e reduziu a praticamente zero as chances gaúchas de título. No entanto, dependendo dos resultados, o Verdão, em caso de triunfo, assegura de vez uma das quatro vagas brasileiras na Libertadores. Os baianos estão praticamente garantidos na Copa Sul-Americana.


O alívio pode ser do Santos, 14º colocado com 43 pontos e passando por uma temporada esquecível. Jogando no Mineirão, o Peixe tem pela frente o 12º colocado, Atlético-MG, e, tal como o Fluminense, busca um ponto salvador para não entrar na rodada decisiva tendo que lutar contra a queda. Matematicamente, o Santos pode ser alcançado por cinco equipes, sendo três delas da zona de rebaixamento, por isso o risco. Para piorar, o Alvinegro Praiano, que venceu apenas dois jogos fora de casa, não terá o artilheiro Kleber Pereira, suspenso até o final do certame.


E quem pode chorar é a Portuguesa. Mesmo com boas atuações, a Lusa não tem sorte nas conclusões, e precisa derrotar o Sport, em casa, para entrar na rodada final com chances de não cair, e até depender de si própria. O perigo é que, em seu último confronto, a Rubro-Verde, atual penúltima colocada com 37 pontos, encara o Cruzeiro, 3º com 64 pontos, fora de casa, e que pode estar ainda na luta pela Libertadores. O time de Recife, já na principal competição da América do Sul por ser o atual campeão da Copa do Brasil, é o 11º com 48 pontos e apenas cumpre tabela.


O Cruzeiro, aliás, é favorito para o confronto contra o Internacional, 8º com 51 pontos, ainda que o jogo seja no Beira-Rio. Com a cabeça no jogo de volta da final da Sul-Americana (o Colorado venceu a partida de ida por 1 a 0 contra o Estudiantes, gol de Alex, de pênalti), os porto-alegrenses entrarão em campo com um time reserva. Também dependendo dos resultados, a Raposa pode sacramentar sua vaga na Libertadores de 2009. E para isso, o Flamengo, 5º com 63 pontos, não pode vencer o Goiás, 7º com 52 pontos, em casa. O Rubro-Negro sabe que, em caso de tropeço e vitórias de cruzeirenses e palmeirenses, a vaga na Libertadores fica inviável.


Quem está muito perto e, mesmo que não triunfe, pode assegurar passaporte para o mais importante torneio do continente é o vice-líder Grêmio, que, apesar de matematicamente ainda lutar pelo título, dá a entender que pensa apenas em garantir vaga na Libertadores. O desafio do Tricolor Gaúcho é bater o Ipatinga, lanterna com 34 pontos, fora de casa. O problema é que, também matematicamente, os mineiros ainda sonham com a permanência na elite brasileira. Mas para tal, precisam vencer os gremistas e torcer para que Vasco, Náutico, Lusa e Figueirense percam seus confrontos. Caso contrário, o Tigre do Vale do Aço já cai domingo para a Série B.


O Vasco também corre risco de terminar a semana na Segunda Divisão. Além de precisar vencer o Coritiba, no Couto Pereira, o time de Renato Gaúcho torce contra outros quatro times, pelo menos, para chegar à última rodada sem depender de outros resultados. Em 18º lugar com 37 pontos, o Vasco, em caso de derrota, pode, conforme os demais jogos correrem, ser rebaixado para a Segundona.


Em outro jogo que vale manutenção de vaga na Primeira Divisão, o Atlético-PR, 15º com 42 pontos, busca a vitória e a permanência na elite contra o também desesperado Náutico, 16º com 40 pontos. A derrota pode reacender a incômoda chance de rebaixamento. Já o Figueirense, 17º com 38 pontos, vai ao Engenhão, também sob risco, enfrentar o Botafogo. Em caso de vitória do Timbú e tropeço catarinense, o time de Orlando Scarpelli será rebaixado.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.