Com 54% dos votos válidos, Marcelo Teixeira volta ao Santos FC após 13 anos | Boqnews
Marcelo Teixeira volta a dirigir o Santos FC após 13 anos com a difícil missão de colocar o clube de volta ao patamar que merece. Foto: Felipy Brandão.

Mandato 2024/26

09 DE DEZEMBRO DE 2023

Com 54% dos votos válidos, Marcelo Teixeira volta ao Santos FC após 13 anos

O empresário Marcelo Teixeira, 59 anos, volta a dirigir o Santos FC após 13 anos, onde enfrentou dificuldades e conquistou títulos

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Com 54,2% dos votos válidos, o empresário e advogado Marcelo Teixeira, 59 anos, volta ao presidir o Santos FC após 13 anos.

O dirigente (chapa 5) recebeu 4.762 votos – de um total de 8.786 votos válidos.

Assim, Teixeira vai dirigir o clube no período 2024/2026, em meio a uma crise sem precedentes.

Seu vice é Fernando Galotti Bonavides.

Afinal, na última quarta-feira, o time sofreu o seu maior revés ao longo dos 111 anos de história.

Repleto de dramacidade, o time caiu para a série B do Campeonato Brasileiro, após perder do Fortaleza em casa por 2 a 1.

Na votação presencial, Teixeira obteve 1.270 votos.

Já na votação virtual, somou 3.492 votos.

Do lado de fora da Vila, simpatizantes da candidatura comemoraram a vitória.

Teixeira tomará posse no dia 2 de janeiro, mas já sabe que enfrentará sérios problemas financeiros quando chegar oficialmente ao clube.

Afinal, salários de funcionários e atletas estão atrasados, inclusive o 13º.

Não bastasse, em razão do rebaixamento, o time da Vila Belmiro deixou de ganhar a premiação da CBF, valor previsto para quitação dos salários referentes a novembro e parte do 13º.

Resultado final da votação (22 brancos e 50 nulos):
1 – Chapa 5 – Marcelo Teixeira – 4.762 votos
2 – Chapa 4 – Maurício Maruca – 1.378 votos
3 – Chapa 3 – Rodrigo Marino – 1.073 votos
4 – Chapa 1 – Ricardo Agostinho – 1.011 votos
5 – Chapa 2 – Wladimir Mattos – 562 votos

Choque

Não bastasse, tentativa de invasão por parte da torcida organizada trouxe tumulto ao local da votação no ginásio Athiê Jorge Coury.

Aliás, a tropa de choque chegou a ser acionada.

Além disso, membros da torcida chegaram a discutir com o atual presidente do Conselho, Celso Jatene, acusando-o de omissão em relação à gestão do presidente Andres Rueda.

Aliás, não se sabe se ele permanecerá no cargo até o final do ano ou antecipará sua saída diante da necessidade no planejamento da equipe para 2024.

Além disso, as verbas para o Paulistão já foram antecipadas pela Federação Paulista de Futebol na atual gestão.

Não bastasse, o time santista não disputará a Copa do Brasil, torneio a qual sagrou-se campeão em 2010.

Aliás, nem a Sul Americana, vitrine internacional.

Ou seja, jogando na série B em 2024, a equipe santista só voltará a jogar algum torneio internacional em 2026, caso suba no final do próximo ano.

 

Confira as notícias do Boqnews no Google News e fique bem informado.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.