Esportes

O dia em que a Portuguesa Santista quase rebaixou o Corinthians

Briosa venceu o Timão no Pacaembu por 1 x 0 em 2004

02 de maio de 2020 - 10:00

João Pedro Bezerra

Da Redação

Compartilhe

O ano de 2004 foi repleto de surpresas no futebol, a Grécia foi campeã da Eurocopa; o Santo André conquistou a Copa do Brasil e o Once Caldas-COL venceu a Copa Libertadores.

Nesse mesmo ano, o Corinthians quase caiu para a Série A2 do Campeonato Paulista.

A equipe dirigida pelo técnico Oswaldo de Oliveira chegou na última rodada precisando da vitória para não depender de outros resultados, mesmo contando com bons jogadores no elenco como Gil e Rincón.

O adversário era a Portuguesa Santista que estava em busca da vaga para as quartas de final. O roteiro da tragédia dos corinthianos não poderia ser mais doloroso, em caso de derrota, a torcida precisava torcer a favor do São Paulo que já tinha garantido a liderança do grupo 1.

Com mais de 20 mil pessoas no Pacaembu, em um dia chuvoso, a Briosa jogou melhor e abriu o placar aos 29 minutos do primeiro tempo com Reinaldo.

A partir daí, a equipe rubro-verde cadenciou a partida e segurou o ataque do Corinthians.

O jogo terminou com vitória da Portuguesa Santista por 1 x 0, garantindo assim a classificação para a próxima fase. Já o Alvinegro precisou torcer para o rival.

A sorte do Timão, foi a tarde inspirada do atacante são paulino Grafite. Ele marcou os dois gols da vitória contra o Juventus que acabou caindo para a Série A2.

Apesar da campanha com apenas duas vitórias em nove jogos, o Corinthians se salvou.

Vale lembrar que as surpresas não pararam nesse campeonato, a final foi disputada entre São Caetano e Paulista, com o título do Azulão.

A Portuguesa Santista acabou sendo eliminada nas quartas de final para o Palmeiras no estádio Ulrico Mursa.

 

 

 

LEIA TAMBÉM: