Ucranianas deixam a guerra e buscam novos caminhos por meio do skate em Santos | Boqnews
Foto: Divulgação

Esportes

06 DE MAIO DE 2022

Ucranianas deixam a guerra e buscam novos caminhos por meio do skate em Santos

LayBack Santos oferece aulas gratuitas de skate para refugiados que vieram da Ucrânia e estão em busca de oportunidades e recomeço

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A Guerra da Ucrânia, iniciada em fevereiro deste ano, é mais um triste capítulo da história da humanidade. Ao mesmo tempo que o terror impera no País do leste europeu, surge também, a solidariedade em diferentes lugares do mundo. No Brasil, um destes exemplos está no LayBack, uma empresa que oferece skate, cultura, gastronomia e promoção de eventos esportivos em um único lugar.

A empresa foi criada por André Barros e seu filho Pedro Barros, que conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio no skate park. Dessa forma, o LayBack conta com 16 estabelecimentos no Brasil. Um deles está em Santos, na Av. Conselheiro Nébias, 630.

Espaço conta com diversas opções/Foto: Divulgação

Recentemente a empresa lançou uma campanha para ajudar os refugiados da Guerra da Ucrânia.

Assim, a marca se juntou aos voluntários independentes Rodolfo Caires e Alysson Vital que estão oferecendo suprimentos e medicamentos aos refugiados que foram para outros países. O CEO do LayBack, Rafael Alcici destaca que o esporte traz conforto, ameniza marcas profundas e ajuda na ressocialização.

“Acreditamos na força desta campanha e estamos sempre abertos a ajudar quantos refugiados forem necessários. Nossa intenção é estar ao lado deles sempre”, citou Rafael.

Aulas de skate

O LayBack Park Santos está oferecendo aulas gratuitas de skate para os refugiados da Guerra da Ucrânia. Atualmente, duas meninas já estão tendo aulas no local. Elas têm 11 e 16 anos e são da mesma família. A mãe trouxe a filha e a sobrinha, porque conseguiu um emprego em uma empresa que ela já conhecia, devido ao trabalho de exportação/importação. O pai da família permaneceu na Ucrânia.

Por conta de toda a situação, a mãe e as meninas ainda não estão preparadas para darem entrevista ou ter o nome divulgado. As aulas estão sendo realizadas aos sábados na pista do LayBack Santos.

“O professor iniciou a metodologia de ensino pela base do skate e, aos poucos, já passou para a transição da pista. A comunicação é o maior desafio, já que as meninas não falam português e nem inglês. Mas o professor é super paciente, e a interação acontece de forma natural. Outros jovens participam das aulas também, então é bem bacana para a ressocialização delas”, detalhou Rafael. A intenção do LayBack é receber ainda mais refugiados e oferecer aulas para, quem sabe, proporcioná-los a oportunidade de uma nova profissão no futuro.

Realizações da campanha

Como os custos dos voluntários são muito altos e cobrem apenas o aluguel de dois carros, combustível (usam um tanque por dia), acomodação e ajuda aos refugiados, o LayBack está contribuindo financeiramente com a compra de suprimentos e já enviou 20 skates até agora.

“A expectativa é enviar pelo menos uns 300 ao longo da campanha. Nosso intuito, além de ajudar, é divulgar esse projeto tão maravilhoso para que mais pessoas conheçam o trabalho incrível que os dois estão fazendo e entrem nessa corrente do bem”, finalizou o CEO.

Lançamento do uniforme

Recentemente, o LayBack Santos ganhou repercussão mundial. Afinal, o Santos FC lançou uma coleção de camisas em homenagem aos 30 anos da banda Charlie Brown Jr no estabelecimento, que fica no Boqueirão.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.