Esportes

Uma final que entrará para a história do futebol

Santos e Palmeiras chegam pela quinta vez a uma final de Libertadores

14 de janeiro de 2021 - 13:54

João Pedro Bezerra

Compartilhe

Uma final que entrará para a história é assim que podemos definir a decisão da Copa Libertadores que já tem palco, dia e um enredo de cinema. Pela primeira vez, o torneio mais desejado por clubes da América do Sul será disputado entre dois times do mesmo estado brasileiro, Santos e Palmeiras prometem fazer um clássico de tirar o fôlego no dia 30 de janeiro no estádio do Maracanã no Rio de Janeiro.

Para chegar a glória eterna, o caminho dos times não foi fácil, com peculiaridades diferentes, mas tendo algo em comum, a aposta em jogadores da base que estão dando conta do recado.

Santos

Diego Pituca marcou o primeiro gol do Santos/ Foto: Divulgação SFC

‘O raio cai duas vezes no mesmo’, ‘4% é muito’, as frases do torcedor santista ganharam ainda mais sentido após a classificação para final diante do Boca Juniors.

A atuação de gala, com a vitória por 3 x 0, (gols: Diego Pituca, Soteldo e Lucas Braga) foi um dos jogos mais marcantes do Peixe ao longo de sua história. A caminhada do Santos nesta temporada foi complicada, mais pelos problemas financeiros e políticos do que propriamente dentro de campo.

A chegada do técnico Cuca foi peça chave para transformar o elenco em um time copeiro, o brilho de Marinho, a eficiência de Luan Peres e Lucas Veríssimo, a vontade de Kaio Jorge e a ousadia de Soteldo foram alguns dos destaques de um grupo unido e eficiente.

O Alvinegro Praiano colecionou vitórias históricas nesta competição, como o 2 x 1 na LDU na altitude de Quito e o 4 x 1 contra o Grêmio na Vila Belmiro. Dessa forma, o Peixe  busca o tetracampeonato para se tornar o time brasileiro com mais títulos da Libertadores.

Palmeiras

Palmeiras conseguiu a classificação de forma emocionante/ Foto: Divulgação/SEP

Como já dizia, o ex-jogador Zé Roberto “O Palmeiras é grande”, a torcida que canta e vibra está confiante na conquista no bicampeonato. Depois de passar com tranquilidade nas oitavas pelo Delfin e nas quartas diante do Libertad, o Palmeiras parecia repetir o mesmo filme contra o River Plate, já que na Argentina, o time venceu com facilidade por 3 x 0. Porém no Allianz Parque, a maré virou e os argentinos ganharam a partida por 2 x 0, o resultado foi insuficiente e colocou o Alviverde na final.

A trajetória do Palmeiras nesta Libertadores vem sendo segura, nem mesmo a altitude da Bolívia foi capaz de derrotar a equipe brasileira.

Ao longo da competição, a diretoria trocou o técnico Vanderlei Luxemburgo pelo português Abel Ferreira, a mudança surtiu efeito e o Alviverde melhorou a postura dentro de campo. Tem menino jogando como gente grande, literalmente, Gabriel Menino e Patrick de Paula são alguns dos destaques do Verdão. Além disso, o time conta com a segurança do goleiro Weverton e a boa fase de Rony.

Charge Polêmica

Charge deu interpretação de preferência de uma final argentina pela Conmebol/ Foto: Divulgação

Com a classificação para a final, os torcedores de Santos e Palmeiras satirizaram a charge feita pela Conmebol antes da semifinal da Libertadores.

O desenho mostrava os jogadores de River Plate e Boca Juniors mais próximos a final do Maracanã.

Sem Público

Final será às 17h no dia 30 de janeiro/ Foto: Divulgação

A final da Libertadores não terá a presença de público devido a pandemia da Covid-19. Nesta semana até que houve um rumor para liberar o estádio em menor capacidade na decisão, já que o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes liberou o público no futebol com 20% da capacidade, ou seja, o Maracanã poderia receber um pouco mais de 8 mil torcedores.

No entanto, poucas horas depois, a decisão foi revogada.

Além disso, vale destacar que a transmissão na final será realizada pelo SBT e Fox Sports.

LEIA TAMBÉM: