Esportes

Volta às atividades físicas requer cuidados

Prática de exercícios individuais na praia podem ser feitos sem restrição de horário

11 de julho de 2020 - 18:00

João Pedro Bezerra

Compartilhe

A liberação das praias em Santos para práticas esportivas, como corrida, caminhada, surf, natação e canoagem individual, impôs aos praticantes algumas normas atendendo os protocolos estabelecidos no combate à Covid-19.

Com a flexibilização, as pessoas puderam voltar a praticar atividades físicas, após quase três meses. No entanto, é necessário ter cuidados para a retomada dos exercícios, após tanto tempo parado, com o uso de máscaras e distanciamento entre as pessoas.

De acordo com o professor de Educação Física da Universidade Santa Cecília (Unisanta), Gilberto Monteiro, antes de praticar qualquer atividade física a pessoa deve identificar se tem algum problema clínico, que possa interferir na aplicação de exercícios, geralmente dores musculares que podem gerar complicações.

O professor ressalta que, apesar de necessário, o alongamento não previne lesão, mas prepara a articulação para o exercício. Além desse procedimento preventivo, deve ser realizado movimentos articulares nas regiões que serão exigidas”. O corpo precisa se adaptar ao período de paralisação, ou seja, uma boa medida é diminuir de 25 a 30% a capacidade de treinamento nos primeiros meses.

A corredora e estudante de Educação Física, Mariana Corrêa, relatou a mudança na rotina esportiva ocasionada pelo uso de máscaras. “Nós sabemos que o uso dessa proteção, muitas vezes, pode se tornar um pouco desconfortável pelo fato de aquecer, umedecer e dificultar, de certa forma, a respiração, porém a adaptação se faz necessária para a segurança”.

Mariana, que já conquistou diversos títulos em jogos universitários, também compete no triatlo.Ela precisou adaptar os treinos da academia para casa, além de cuidar da saúde mental, um dos pontos fundamentais no desempenho dos atletas, tanto em treinamentos, como em competições. Sem previsão de data para a volta das competições, ela busca manter a forma física, mental e emocional.

Mariana Corrêa disputando provas antes da pandemia/ Foto: Divulgação

Alimentação

Atividades físicas e uma alimentação balanceada seguem lado a lado para uma boa saúde, especialmente no retorno das atividades, onde é preciso ficar ainda mais atento, já que muitas pessoas ganharam peso na quarentena.

A coordenadora de nutrição da Universidade Metropolitana de Santos (Unimes), Nayara Cavalcanti, destaca que o ideal é consumir carboidratos horas antes do exercício e também ter consciência que o corpo precisa de movimento e uma boa alimentação, corrigindo alguns hábitos adquiridos nos últimos meses.

LEIA TAMBÉM: