Cinema

17 DE DEZEMBRO DE 2015

Perdido no universo Star Wars? Veja como assistir aos filmes

Se você é um novato no universo de Guerra nas Estrelas e quer saber por onde começar, o Boqnews te ajuda

Por: Da Redação

O sétimo episódio da franquia Star Wars já está em cartaz em cinemas pelo mundo. Se você é um novato no universo de Guerra nas Estrelas e não quer ficar de fora da moda do momento o Boqnews te ajuda a se situar nos filmes anteriores. Vale lembrar que é não é necessariamente obrigatório assistir aos filmes anteriores antes de assistir ao Despertar da Força, mas a carga dramática de alguns momentos do novo longa porde ficar comprometida. Veja as formas de se assistir aos filmes da saga:

  1. Ordem de lançamento

    ordemlancamento2

Até agora foram lançados seis filmes de Star Wars, sendo o sétimo, o Despertar da Força. Eles são popularmente cunhados de “episódios”. Pode até parecer confuso, mas os episódios IV, V e VI foram lançados antes do I, II e III. Pela ordem de lançamento a sequência a ser assistida é a seguinte: Episódio IV – Uma Nova Esperança (1977), Episódio V – O Império Contra-Ataca (1980), Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983), Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999), Episódio II – Ataque dos Clones (2002) e Episódio III – A Vingança dos Sith (1983).

Prós: Respeito pela ordem de lançamento, mesma sensação dos telespectadores contemporâneos ao filme a respeito da construção dos personagens da saga, compreensão de referências, filmes considerados de pior estrutura cinematográfica ficam para o final.

Contras: Alguns sentem uma piora sensível na qualidade de roteiro a a partir o episódio I, o espaçamento entre as trilogias aponta o declínio da qualidade de diretor de George Lucas, personagens adorados pelo público na primeira trilogia desaparecem no meio do processo.

2. Ordem cronológica

ordemcronologica

Assistindo pela ordem cronológica o efeito é completamente diferente de se assistir pela sequência de lançamentos. A trilogia I, II e III mostra os acontecimentos que precederam os episódios IV, V e VI. Nesse caso a sequência é a seguinte: Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999), Episódio II – Ataque dos Clones (2002) e Episódio III – A Vingança dos Sith (1983), Episódio IV – Uma Nova Esperança (1977), Episódio V – O Império Contra-Ataca (1980), Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983)

Prós: A construção da motivação dos personagens fica mais clara, quem se importa com efeitos especiais tem um início mais empolgante, a qualidade de roteiro dos filmes vai progredindo.

Contras: Reviravoltas e grandes acontecimentos da trilogia original são arruinados por relevações do enredo na trilogia recente, o início é pelos filmes considerados piores, personagens da trilogia recente desestimulam a continuar assentindo a saga.

3. Ordem puritana

ordempuritana

A ordem puritana simplesmente ignora os filmes produzidos na trilogia dos anos 2000 pelo seu considerável desnível em relação os filmes clássicos. Nesse caso os filmes se limitam a: Episódio IV – Uma Nova Esperança (1977), Episódio V – O Império Contra-Ataca (1980), Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983) e param por aqui.

Prós: Nível de qualidade é praticamente mantido, os diversos problemas contidos nos filmes da trilogia recente são simplesmente ignorados.

Contras: Alguns personagens de qualidade e algumas referências são perdidas contidas na trilogia recente são perdidas.

4. Ordem machete

ordemachete

A ordem machete tem a seguinte proposta: início com a trilogia clássica na ordem de lançamento, em seguida um espaço para a os filmes da trilogia recente para entender os acontecimentos que precederam os episódios IV e V e finalize com o filme conclusivo da saga clássica e cronologicamente. Fica assim: Episódio IV – Uma Nova Esperança (1977), Episódio V – O Império Contra-Ataca (1980), Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999), Episódio II – Ataque dos Clones (2002) e Episódio III – A Vingança dos Sith (1983), Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983). Existe também uma vertente da ordem machete que  propõe o total esquecimento do Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999) (o filme mais odiado pelos fãs) e pulasse do Episódio V direto para o II.

Prós: Flashbacks e referências funcionam de forma que nenhuma surpresa ou relevelação do enredo seja “estragada”, possibilidade de assistir a saga de um jeito diferente e até motivante.

Contras: Caso se opte por esquecer o episódio I, algumas coisas relativamente boas são perdidas.

Aí estão as quatro opções para se assistir a saga Star Wars e ficar preparado para assistir o sétimo episódio da saga, O Despertar da força.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.