Carros com faróis automáticos ganham mercado no Brasil | Boqnews

Mundo motor

08 DE JUNHO DE 2018

Carros com faróis automáticos ganham mercado no Brasil

A Citroen foi uma das pioneiras a incorporar os faróis automáticos em seus automóveis. Os faróis automáticos são importantes porque, seja na estrada ou em centros urbanos, muitos condutores esquecem de acionar os faróis e há uma explicação biológica para isso.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Já parou para pensar como os postes de iluminação das ruas acendem?

Muito engano quem pensa se tratar de um algum sistema temporizador.

Na verdade, sensores de resistência à luz são os responsáveis por fazer este trabalho e não deixar as ruas escuras.

Mas não estamos aqui para falar dos sensores dos postes, e sim desta tecnologia empregada em alguns veículos.

A ideia é simples, mas levou um bom tempo para as montadoras de veículos incorporarem esta tecnologia em seus carros.

Citroen, uma das pioneiras

A Citroen foi uma das pioneiras a incorporar os faróis automáticos em seus automóveis.

Um exemplo é o Citroen C3, modelo já aprovado pela mídia especializada por trazer muita tecnologia em um hatch de preço acessível.

Os faróis automáticos são importantes porque, seja na estrada ou em centros urbanos, muitos condutores esquecem de acionar os faróis e há uma explicação biológica para isso.

Nossos olhos tendem a se adaptar à luminosidade do ambiente.

Imagine que você acorda de madrugada dentro do seu quarto.

Nos primeiros instantes, provavelmente não irá enxergar nada ao seu redor. Mas bastará alguns poucos minutos para conseguir observar alguns objetos e obstáculos.

Guardadas as devidas proporções, é isso que acontece quando estamos dirigindo, naquele horário de pôr-do-sol.

De repente já anoiteceu e nem nos atentamos à necessidade de acender os faróis. O acendimento automático existe exatamente para isso.

 

Como funcionam os faróis automáticos

O acionamento do farol ocorre por meio de um sensor que vai identificar que a luminosidade do ambiente está baixa e que é preciso garantir a luz artificial para dar mais segurança e conforto ao motorista.

A Citroen, referência em tecnologia e segurança veicular, saiu na frente e colocou o dispositivo em todos os seus carros de passeio.

O acendimento automático dos faróis leva em consideração a iluminação e o tráfego. Isto é, até mesmo durante o dia, ao passar por um túnel, os faróis serão pontualmente acesos.

 

Livre de falhas

Portanto, quando se fala em acendimento automático por sensor, muitos motoristas ficam com receio de os faróis se apagarem quando cruzar, à noite, com outro carro iluminado.

No Citroen C3 e em outros veículos da montadora francesa, esta falha não corre o risco de acontecer.

Para impedir o desligamento com a iluminação momentânea gerada por outros veículos, o sensor é ajustado para desligar apenas quando a intensidade da luz for maior que 4.500 lux, maior que a gerada pelos faróis.

Já o acionamento do dispositivo acontece quando estamos com menos de 2.800 lux no ambiente.

 

Sensor crepuscular

O acendimento automático é popularmente conhecido como sensor crepuscular.

Recebe este nome porque “crepúsculo” é o mesmo que lusco-fusco, que é aquele momento do fim da tarde onde o sol se põe, enganando a nossa visão, como mencionamos anteriormente.

Assim, este sensor nada mais é que um sistema ótico, assim como nos postes de iluminação, que identifica a força da luminosidade para ser ou não disparado.

Geralmente o equipamento é colocado próximo ao retrovisor interno, mas pode ser adaptado a outros locais.

 

Citroen C3

Não usamos o Citroen C3 como exemplo de acendimento automático por acaso.

Na verdade, este é um carro recomendado por trazer outras inovações de ponta, a um preço inicial de R$ 43.990.

Entre as tecnologias encontradas no hatch francês, estão o para-brisas Zenith, que aumenta em 80 graus o campo de visão do condutor; a central multimídia com tela touch.

E ainda: direção elétrica; airbag e freios ABS; rodas de liga aro 16; luzes diurnas de LED (DRL); além de versões com câmbio automático de seis marchas, como os vendidos na Europa.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.