Confira algumas dicas para cuidar de plantas no calor | Boqnews
Foto: Francisco Arrais

Meio Ambiente

22 DE NOVEMBRO DE 2023

Confira algumas dicas para cuidar de plantas no calor

Plantas precisam ser observadas quanto à hidratação e iluminação

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

O verão ainda nem chegou e as fortes ondas de calor já estão fazendo os termômetros baterem recordes de altas temperaturas.

Sendo assim, pessoas e animais sofrem nesse período e a dica básica de saúde é a hidratação. Com as plantas não é diferente. Elas também precisam de cuidados extras para sobreviver aos períodos mais quentes.

É importante que quem tenha um jardim em casa observe bem as espécies.

Assim como, fique atento aos sinais que as próprias plantas dão de que algo não vai bem.

Desse modo, folhas murchando, mudando de cor ou terra seca podem ser indícios de que elas necessitam de água.

Para o biólogo do Jardim Botânico Chico Mendes, André Luís Olmos dos Santos, a regra é a principal tarefa dos donos de plantas para prevenir os problemas com o calor e manter o substrato úmido. “Ela deve ser feita no início da manhã ou no final do dia, evitando-se os períodos de calor mais intenso para não causar choque térmico. Isso evita também que a água evapore muito rápido, fazendo com que a planta aproveite mais a umidade”, ensina.

Para boa parte das plantas, ele indica que a rega seja feita duas vezes ao dia, em grande quantidade de líquido, para que se possa umedecer toda a terra e não apenas a superfície do vaso. “Mas isso também vai depender da planta e é bom que o dono conheça as características daquelas que tem em casa. Uma suculenta, por exemplo, que armazena água, não precisa ser regada todos os dias, o que pode fazer com que a raiz dela apodreça”, orienta. Ele recomenda para essa época plantas como o pândano ou a pata-de-elefante, que se adaptam bem ao clima quente e podem ser cultivadas em vasos.

Numa situação de emergência, quando se precisa molhar as plantas em um horário de extremo calor, ele orienta que a água seja depositada apenas na terra, evitando que atinja as folhas, pois a água pode formar um prisma e fazer com que a luz solar acabe queimando as folhas.

Apesar de não ser uma técnica 100% confiável, pois não identifica o nível de umidade no fundo do vaso, colocar o dedo na terra pode indicar que a planta precisa de rega, caso ele saia limpo do vaso.

O biólogo lembra ainda que os vasos não devem ter recipientes embaixo para evitar o acúmulo de água, o que transforma o local em criadouro do mosquito da dengue.

Outro fator importante a observar é a quantidade de luz que determinadas plantas precisam durante o dia.

Então, vale avaliar quais espécies serão utilizadas e o local onde elas estão, pois com a mudança de estação, a posição do sol também muda, afetando a iluminação.

Para que elas não fiquem muito tempo no escuro ou embaixo do sol forte, o ideal é repensar outro espaço em casa, de acordo com a planta.

Para que a espécie siga forte durante o calor, é importante que ela esteja fortalecida.

Portanto, com todos os nutrientes que precisa, além da água, para sobreviver. “No Jardim Botânico, temos fertilizantes para doar. Basta procurar as estagiárias da educação ambiental para solicitar a garrafinha e receber todas as orientações”, diz o Olmos.

Ele também aconselha que as pessoas não façam poda nas plantas em casa neste período do ano. “É melhor esperar o outono ou inverno, quando o metabolismo da planta está mais baixo. E, se precisar fazer limpeza, retirando as folhas mortas, é bom que se faça com tesoura, pois, de outra forma, pode machucar a planta e deixá-la mais suscetível a pragas”, finaliza.

O Jardim Botânico Chico Mendes fica na Rua João Fraccaroli s/nº, Bom Retiro. Funciona todos os dias, das 7h às 18h. Entrada livre.

 

Confira as notícias do Boqnews no Google News e fique bem informado.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.