ETC
Mercado

Saiba quais os desafios para comprar um imóvel?

A aprovação de um financiamento imobiliário depende de diversos fatores e pode se tornar uma tremenda dor de cabeça para o comprador

31 de janeiro de 2019 - 16:07

Publieditorial

Compartilhe

Comprar imóvel não é uma tarefa simples, já que são inúmeros os trâmites burocráticos até o fechamento do negócio.

O processo pode exigir algo além do que você pode oferecer em um primeiro momento.

Se você ainda não sabe os principais obstáculos enfrentados por quem sonha em adquirir a casa própria, confira em nosso artigo e fique preparado para quando chegar a sua vez.

 

Antes de adquirir um imóvel, é importante pesquisar e comparar formas de financiamentos para evitar surpresas futuras. Foto: Divulgação

Quais são os principais obstáculos na hora comprar um imóvel?

 

O sonho da casa própria pode se tornar o pesadelo de muitas pessoas que não estão preparadas para lidar com todas as dificuldades que envolvem o processo.

Confiras quais os principais desafios enfrentados na hora de comprar um imóvel

 

Aprovação do financiamento

Quando não se tem o valor total para comprar um imóvel, o comprador precisa apelar para o financiamento imobiliário.

O problema é que o processo pode se tornar algo burocrático e, muitas das vezes, longo.

A aprovação de um financiamento imobiliário depende de diversos fatores e pode se tornar uma tremenda dor de cabeça para o comprador.

Nesse caso, é preciso estar com todas as documentações em dia para evitar surpresas desagradáveis.

Para acelerar o processo, é importante que você tenha um bom relacionamento na instituição financeira.

Mas se não deseja passar por essa situação, o mais indicado é comprar o imóvel apenas quando estiver com todo o valor em mãos.

 

Incerteza do mercado

Com a aprovação do financiamento imobiliário, o comprador se compromete a pagar todas as parcelas acordadas em contrato.

Contudo, a incerteza do mercado deixa muitas pessoas preocupadas em assumir um compromisso como esse.

Existem alguns financiamentos imobiliários que oferecem um tipo de seguro em que o mutuário, no caso de desemprego, fica isento de algumas parcelas.

Antes de fechar o financiamento com seu banco, analise essa possibilidade.

Porém, se a intenção é se prevenir caso ocorra uma situação dessas, o ideal é fazer um planejamento financeiro.

Desta forma, deixa alguma margem segura que ajude no orçamento, sem comprometer suas dívidas.

 

Pagamento da taxa de corretagem

Aquelas pessoas que contratam imobiliárias ou corretores na hora de comprar um imóvel sabe que o profissional exige uma comissão.

Ela é chamada de taxa de corretagem, assim como as construtoras e incorporadoras.

O valor gira em torno de 6% sobre o valor de venda do imóvel, sendo uma despesa extra para o comprador.

Entretanto, é possível tentar negociar com o corretor o valor dessa taxa para não prejudicar a compra do imóvel.

Caso você se negue a pagar a taxa de corretagem, saiba que pode ficar sem o imóvel, já que a cobrança é legal juridicamente.

Mas é preciso que a compra do imóvel seja realmente concretizada e que o valor seja informado ao cliente antes mesmo da assinatura do contrato.

 

Sinal na hora da compra do imóvel

Uma das maiores frustrações de quem deseja adquirir um imóvel é a exigência de um sinal alto no ato da compra.

A maioria dos bancos não consegue financiar 100% do valor do imóvel.

Assim, é necessário adiantar em torno de 20 a 30% do valor total.

Pensando nessa dificuldade, algumas construtoras estão parcelando a entrada até a entrega das chaves do imóvel.

Afinal, este é o momento em que se inicia o pagamento das parcelas do financiamento.

Se você não possui o valor de entrada, o melhor é procurar uma construtora que facilite esse sinal.

Ou então encontrar um imóvel que não se exija um valor alto para pagar de imediato no início da negociação.

 

Custos com taxas cartorárias e ITBI

Além da dificuldade de obter a aprovação de um financiamento imobiliário, é exigido o pagamento adiantado e a taxa de corretagem.

Nesses casos, o comprador de um ainda precisa arcar com as custas cartorárias e a taxa do ITBI.

Infelizmente, esses valores não são baixos e podem comprometer a concretização da compra.

Por isso, algumas corretoras estão isentando os compradores desses pagamentos para fechar o negócio.

Nesse caso, o mais indicado é procurar os imóveis vendidos por essas corretoras.

E assim evitar o pagamento de todos esses custos.

Mas, fique atento para não pagar valores a mais que ficam embutidos dentro do financiamento.

Assim, para realizar o sonho da casa própria é preciso que você fique ciente de todos os obstáculos que podem impedir a compra do imóvel.

Portanto, siga as nossas dicas para enfrentar esses desafios.

LEIA TAMBÉM: