Foto: DIvulgação ciclocomputador auxilia ciclistas

Tecnologia

17 DE MAIO DE 2018

Conheça o ciclocomputador e como ele pode ajudar a sua saúde

O ciclocomputador é amigo na hora dos exercícios físicos. Conheça esse aliado e pegue a sua bike!

Por: Publieditorial

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Andar de bicicleta é considerado um exercício prazeroso por quem busca mais saúde.

E quanto mais gostamos de praticar algum tipo de exercício, mais rápido chegamos aos nossos objetivos.

Seja para emagrecer, buscar mais qualidade de vida, se sentir ativo ou simplesmente relaxar.

Pedalar, principalmente ao ar livre, nos conecta ao bem-estar em um cotidiano tão corrido.

A bicicleta nos ajuda a buscar uma vida saudável em meio a um dia a dia agitado onde, muitas vezes, não conseguimos parar um tempo para cuidar mais eficazmente da saúde.

Além disso, ela vem como um braço direito, pois, além de todos os benefícios que podemos aproveitar para o nosso bem estar, a bicicleta também é um meio de transporte.

Então, se você tem a possibilidade de ir de bike para o trabalho, pense bem se vale mais a pena pegar o carro e enfrentar o trânsito ou curtir a paisagem e chegar mais rápido.

Assim, para quem já é adepto desse comportamento, vale a pena descobrir mais sobre como essa atividade pode contribuir para a saúde.

Medindo o seu exercício, você pode potencializar a sua atividade e descobre até mesmo informações sobre o seu corpo.

Não bastasse, para quem não é tão adepto ainda, pode ser interessante descobrir esse mecanismo como um incentivo à prática de exercícios.

Então, por que não adotar um amigo nessas horas e começar a entender melhor o que acontece com seu corpo ao pedalar?

Acompanhe com a gente o que são os velocímetros de bicicleta, ou como são conhecidos, os ciclocomputadores.

 

 

 

 

 

ciclocomputador auxilia ciclistas

Ciclocomputadores ajudam os ciclistas a aproveitaram ao máximo as vantagens decorrentes do uso da bicicleta, como exercício ou lazer. Foto: Divulgação

 

Do que se tratam os ciclocomputadores?

O ciclocomputador foi criado em 1895 pelo mecânico e engenheiro Curtis Hussey Veeder.

Ele tinha o intuito de medir quantas voltas poderiam se dar com as bicicletas, contando as rotações da roda.

À medida em que o tempo foi passando e a tecnologia evoluindo, hoje, os ciclocomputadores não são mais meros instrumentos de medida.

Ou seja, hoje eles desempenham inúmeras funções e benefícios.

Eles auxiliam o ciclista a obter o máximo de aproveitamento na hora do exercício.

Desta forma, interpretam as informações obtidas para aumentar continuamente seu desempenho.

 

Quais as funções de um ciclocomputador?

Afinal, o mercado desses pequenos dispositivos tem crescido bastante ao longo do tempo.

Hoje, existem muitas marcas que disputam a preferência dos ciclistas.

Se antes, a principal função era medir o número de voltas que um atleta poderia realizar, nos dias atuais, pode-se ir muito mais além.

Afinal, o ciclocomputador pode medir temperatura, a cadência do pedal, altimetria.

E ainda: consumo de calorias, tempo de circuito e até mesmo os batimentos cardíacos.

Existem vários tipos de modelos, que oferecem diferentes funções, atuando para a evolução do ciclista.

Portanto, os ciclocomputadores são hoje, muito mais que simples velocímetros.

Em suma, eles medem a velocidade, a registram e realizam tantos outros cálculos.

 

Vale a pena?

Um ciclocomputador custa em média R$80,00, podendo chegar até R$2.000,00.

Isso depende das funções que oferece e do objetivo da pessoa que o procura, sendo ela atleta ou não.

Ele apresenta uma forma de acompanhar mais de perto a qualidade do exercício que está sendo praticado.

Não bastasse,  isso está ligado diretamente ao cuidado com a saúde.

Ou seja, avaliando os cálculos do circuito, entendendo até onde se pode ir, o quanto se quer chegar na próxima corrida e traçar objetivos.

Desta forma, o ciclocomputador pode ser um grande aliado, incentivando o andar de bicicleta, ajudando a evolução e superação do ciclista a cada vez que completar um circuito.

Assim, vale a pena como desafio à si mesmo, na busca incansável de uma vida mais ativa e saudável.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.