Conheça um pouco mais sobre as principais raças de cães originárias do Japão | Boqnews

Mundo dos pets

24 DE OUTUBRO DE 2019

Conheça um pouco mais sobre as principais raças de cães originárias do Japão

Cães de raças japonesas podem ser os maiores exemplos de fidelidade e tradição, conheça os principais deles.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Em outubro de 2009 estreava o filme Sempre ao seu lado, do diretor Lasse Hallström, que conta a história de um professor universitário e um cachorro da raça Akita.

No filme, o pet passa a acompanhar o professor todos os dias da estação de trem até sua casa.

Akita é uma das raças nipônicas conhecidas por ser muito leal.

Algumas das raças japonesas fazem parte das mais antigas raças de cachorros em todo o mundo.

Ao longo da história, elas quase foram extintas, como em momentos de guerra, quando faltavam alimentos ou usavam seu pelo para fazer casacos.

A maioria das raças são do tipo “spitz”, ou seja, possuem pelos grossos, orelhas pontudas e rabos enrolados, como uma espécie de caracol.

Entre 1931 e 1937, seis raças nativas do Japão foram consideradas patrimônio natural vivo, o que mostra o quão queridas e respeitadas elas são pela população.

Separamos algumas informações sobre cada uma dessas raças para você conhecer mais e, quem sabe, encontrar a raça ideal do seu novo pet.

 

Akita Inu

Essa é uma das raças mais antigas do Japão, e sempre foi protagonista de filmes e livros, como nos filmes Sempre ao seu lado e Hachiko Monogatari, e no livro Dog Man, que conta a história de um homem que ajudou a salvar a raça da extinção.

O Akita já foi solicitado a diferentes finalidades, como para briga, caça e guarda.

Mas, hoje em dia, ele é apenas cão de estimação.

A raça é conhecida por ser dócil, leal, vigilante e companheira.

Todas as características podem ser observadas nas produções culturais que colocam o cão como protagonista.

Por isso, ele é tão adorado.

Esse é um cão de porte grande com uma pelagem média.

Por isso, é importante que ele tenha espaço para se sentir à vontade e conseguir se exercitar.

Lugares pequenos como apartamentos e kitnets podem não ser o ambiente ideal para ter um cão com essas características.

 

 

Shiba Inu

A raça Shiba Inu é muito parecida com a Akita e é uma das mais antigas e populares do Japão.

Ela foi declarada patrimônio natural do país porque muitos cruzamentos estavam sendo feitos e a raça pura estava sendo comprometida.

Essa foi a maneira que encontraram de proteger a raça da extinção.

É fácil notar as diferenças entre os cães Akita e os Shiba Inu, estes são de porte médio e têm um pelo mais curto.

Eles são muito ativos, inteligentes e fiéis aos seus donos e, por isso, são tão queridos.

 

 

Hokkaido Inu

O Hokkaido Inu é uma raça difícil de ser encontrada fora do Japão.

Os cães dessa raça foram muito usados para a caça.

Na estatura, eles se parecem com os Shiba Inu, ou seja, têm um porte médio, apesar de serem fisicamente mais fortes.

A pelagem é mais curta e mais grossa e os tons variam entre o branco e o bege.

Uma das características marcantes da raça, além da inteligência e lealdade, é sua bravura e o bom senso de direção.

Também é o tipo de pet que precisa de espaço para se exercitar e se divertir.

 

 

Kai Ken

O Kai Ken era um cão considerado selvagem e é originário da cidade de Kai, província de Yamanashi.

Ele também é conhecido como Tora Inu ou Tiger Dog e é mais uma raça rara, mesmo no Japão.

Com uma pelagem áspera e porte médio, esse pet se diferencia um pouco dos outros três, que se parecem bastante.

O pelo sai dos tons claros, sendo tigrado.

Eles são caçadores naturais, estão sempre alerta e são muito ágeis.

Como bons cães de guarda, podem ser ariscos, estranhando pessoas estranhas, mas são fiéis aos seus donos.

 

 

Shikoku Inu

O Shikoku Inu é mais uma raça caçadora.

Por muito tempo, ela foi criada para caçar cervos e javalis e hoje são muito raras.

Em ambiente externo, o seu natural, esses cães são muito ativos.

Porém, são ótimos para ter dentro de casa, pois costumam ser tranquilos e silenciosos nas residências.

O cão dessa raça possui uma estatura mediana e se parece com um lobo japonês, saindo do padrão dos tons de bege e avermelhados como tínhamos nas primeiras raças citadas.

O preto e o branco são os tons que predominam nesses animais.

A pelagem é mais grossa e as orelhas são pontudas.

 

Kishu Inu

O Kishu Inu é outra raça muito antiga do Japão e que, por muito tempo, foi usada para caça.

Ela é mais parecida com a Akita e a Shiba Inu, mas sua pelagem é predominantemente branca.

Assim como os outros, esses pets também são muito leais e inteligentes.

 

 

Cão nipônico em casa

Ter um cão de raça nipônica é uma oportunidade de aprender sobre companheirismo e lealdade.

Além disso, eles são muito dispostos e divertidos, uma boa escolha para quem tem crianças em casa.

No entanto, é importante prestar atenção em seu porte, para que ele fique confortável no dia a dia e possa fazer a quantidade necessária de exercícios.

A pelagem também é um fator para se atentar caso você tenha muitos sofás e tapetes.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.