ETC
etc

Grupo de choro Quatro a Zero promove oficina no Teatro Guarany

Músicos, estudantes e apreciadores de música terão uma ótima oportunidade no sábado (23), no Teatro Guarany, com a oficina que…

21 de Maio de 2009 - 12:47

Da Redação

Compartilhe

Músicos, estudantes e apreciadores de música terão uma ótima oportunidade no sábado (23), no Teatro Guarany, com a oficina que o grupo instrumental Quatro a Zero promoverá, das 10h30 às 12h30. Tendo o choro como referência, o conjunto paulistano ainda fará show no mesmo dia, durante o projeto Chorinho no Aquário, às 18h.


O grupo, que está lançando seu segundo CD, intitulado Porta Aberta: Memórias do Choro Paulista, enfocará na oficina o processo de adaptação da linguagem dos instrumentos de um conjunto regional de choro, para a formação de quarteto. A aula será constituída de explanações e exemplos musicais executados pelo conjunto, além da audição de gravações.


Já à noite, no projeto Chorinho no Aquário, o público poderá conferir obras de compositores do interior de São Paulo, em um repertório que vai do final do século XIX (Bafo de Onça, de Zequinha de Abreu) até os dias atuais (Choro da Clara, de Nailor Proveta, que participa do disco). Cada um dos choros escolhidos foi recriado, à moda Quatro a Zero. Para a apresentação em Santos, foi preparado um arranjo especial de um compositor da cidade: Zinomar Pereira.


A oficina é gratuita e tem 200 vagas. As inscrições podem ser feitas pelo telefone 3226-8000 (ramal 8007), das 9h às 18h, ou na Secult (Secretaria de Cultura, no Departamento de Formação e Pesquisa Cultural). Este projeto tem o apoio da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo – Programa de Ação Cultural – 2008. O Guarany fica na Praça dos Andradas, 100 (Centro Histórico) e o Chorinho no Aquário é realizado na Praça Luiz La Scala (Ponta da Praia).


O GRUPO
Formado por Eduardo Lobo (guitarra, violão de 7 cordas e bandolim), Danilo Penteado (baixo e cavaquinho), Daniel Muller (piano e acordeom) e Lucas da Rosa (bateria e percussão), o Quatro a Zero foi criado em 2001 e já se apresentou em mais de 50 cidades brasileiras. Conquistou em 2004 o segundo lugar no 7º Prêmio Visa de Música Brasileira e lançou no ano seguinte seu primeiro CD, Choro Elétrico, recentemente relançado pelo selo Cooperativa.


Em 2006, o grupo realizou show em homenagem ao maestro Radamés Gnattali. Participou também do projeto Pixinguinha, excursionando pela região Norte do país e do Circuito Instrumental Universitário, ao lado do bandolinista Joel Nascimento.

LEIA TAMBÉM: